CRIE-PE – Especificação de Objetivo (Modelo 1)


Esta é uma das ferramentas para “formularmos” nossos objetivos. O CRIE-PE é um acrônico referente aos seguintes termos:

  • Contextualizado
  • Recursos Necessários
  • Iniciado e Mantido pelo Indivíduo
  • Ecológico
  • Positivo
  • Evidência

Vamos entender passo a passo o processo de tornar nosso objetivo mais real e palpável, conhecendo os termos e aprendendo a organizar nosso pensamento. O CRIE-PE auxilia na concepção do objetivo tornando nossa visão mais ampla sobre o propósito. Vamos aos termos:

Contextualizado: Contextualizar seu objetivo é detalhar o mesmo, transforma-lo em algo palpável, descrever cada ação ou sentimento que possa vir do objetivo realizado. Coloque o seu objetivo em pratica, pelo menos dentro de sua cabeça. Passe seu objetivo para o papel, formule ideias, comece neste primeiro momento a criar uma rota de trabalho para obter o que você deseja. Quanto mais você se focar em seu objetivo, mais real ele se torna.

Recursos Necessários: Agora que você tem uma prévia mais detalhada do que deseja, é importante você verificar se possui todos os requisitos para alcançar seu objetivo. Por exemplo, se você tem como objetivo conhecer um novo País, e escolheu para isso a Inglaterra, o primeiro passo neste momento é verificar se você sabe o idioma inglês adequadamente para poder se manter na Inglaterra. Muitas pessoas que planejam seus objetivos se esquecem deste detalhe, e acabam realizando objetivos sem os devidos preparos. Num exemplo mais direto, poderíamos detalhar o seguinte caso:

“Determinado individuo desejava muito ter o seu primeiro carro, e colocou isso como objetivo de sua vida. Após muito trabalho e economias, enfim ele conseguiu comprar o seu carro, para só então perceber, que ainda não sabia dirigir.”

Iniciado e Mantido pelo Individuo: Determine neste ponto se o objetivo pode ser iniciado e mantido somente a partir de seu esforço pessoal. Muitas pessoas cometem o erro de formular um objetivo e no meio do processo descobrir que depende da boa vontade e ajuda de terceiros, que nem sempre estão dispostos a ajudar. É neste ponto que o objetivo se torna um fardo desagradável, que acaba ficando gravado como os inúmeros fracassos que por ventura já tenham ocorridos em nossa vida.

Ecológico (Sustentável): “- Tá, o que ecologia tem a ver com o meu objetivo?” Eu sei que muitos de vocês devem estar se perguntando exatamente isso. Bem, basta dar uma boa olhada nos telejornais de hoje, e ver que a sustentabilidade é o assunto do momento. Todas as grandes empresas pensam em sustentabilidade, grandes administradores pensam em sustentabilidade, então, porque você, que almeja alcançar o sucesso na área em que atua, ou no meio social em que vive, não pode pensar também?  A ecologia deve fazer parte de seu objetivo. Se desejar um carro novo, porque não pensar num carro que polua menos? Se desejar um emprego melhor, com um salário melhor, porque não pensar também em auxiliar em alguma ONG, realizar algum processo que seja sustentável? Objetivos que não visam apenas benefícios próprios, mas que também proporcionam benefícios às pessoas e ao mundo ao seu redor, tem maior chance de serem bem sucedidos. Então aproveite um pouco este momento para refletir: “O que estou fazendo de bem hoje, para merecer ter meu objetivo realizado?”.

Positivo: O seu objetivo é algo positivo? Esta é uma pergunta que amedronta muitas pessoas, e este medo faz com que desistam de seus objetivos de forma rápida demais. Outra consequência importante que este questionamento nos proporciona, é a filtragem de objetivos realmente positivos de objetivos meramente mesquinhos e egoístas. Como o pensamento pela sustentabilidade fortalece o seu objetivo, o fator positivo também tem o mesmo efeito. Um objetivo positivo faz com que você o realize com maior tranquilidade, sem que sua consciência venha lhe cobrar num futuro por algo de errado que surgiu na realização de seu “sonho”, ou por pessoas que por ventura você tenha magoado no decorrer do processo. Sempre que formular um objetivo, pergunte a si mesmo: “- Estou fazendo mal a alguém realizando este objetivo?”. Se a resposta for sim, então repense nas possibilidades que você pode mudar para reverter este quadro, antes que seja tarde demais e você tenha que conviver com um arrependimento desnecessário.

Evidência: Se você chegou até aqui, merece meus parabéns. O seu objetivo esta formulado, e quase pronto para passar para a próxima etapa. Mas ainda resta uma pequena questão a se resolver: Qual é a evidência que vai comprovar que você alcançou o seu objetivo? Este é o ponto crucial da formulação. Inúmeras pessoas tem um ótimo objetivo, bem formulado, com todos os pontos equilibrados. Mas mesmo assim, nunca conseguem conclui-lo. Porque isso ocorre? Isso ocorre pelo fato de que estas pessoas se esquecem do principal, que é o de colocar um final em seu objetivo. Vamos para um exemplo prático:

“Em um caso antigo, um indivíduo tinha seu objetivo de vida completamente formulado, que no caso se definia em obter um ganho financeiro superior ao que tinha atualmente. Ele sempre tentava seguir se objetivo a risca, com suas metas determinadas, a curto e em longo prazo, mas nunca conseguia alcançar o desejado. Isso acontecia, porque ele não determinou seu ponto de evidência. Após algumas sessões, ele percebeu o quanto isso era importante, pois o que acontecia, era que ele sempre obtinha um ganho financeiro maior, mas como não tinha um valor final definido, sentia que sempre faltava algo para concluir seu objetivo. Neste momento, ele determinou a si mesmo que seu ponto de evidência seria quando alcance determinada quantia guardada em uma poupança. Determinado o ponto de evidência, foi fácil ele então concluir seu objetivo, e a partir deste, realizar muito outros objetivos em sua vida.”.

Este exemplo demonstra bem a importância de determinar um ponto de evidência. O ponto de evidencia pode ser um acontecimento que se refere ao seu objetivo, como por exemplo, uma viagem com seu carro novo. Não importa o quão simples seja seu ponto de evidência, mas tenha sempre em mente que ele é o elemento mais importante dentro da elaboração de seu objetivo.

Agora sim podemos dar como terminada esta primeira etapa, e segui para o próximo passo, que é o de verificar as informações obtidas anteriormente. Para isso, utilizamos a ferramenta SMART.

Em breve daremos continuidade a este roteiro inicial. Espero que desta forma possamos auxiliar a você a desenvolver seus objetivos de formamais clara e concisa, tendo desta forma uma maior oportunidade de realização.

Especificação de Objetivos – Passo a Passo

Abraços e Sucesso Sempre

About these ads

4 Respostas para “CRIE-PE – Especificação de Objetivo (Modelo 1)

  1. Pingback: Roteiro 1 – Aprendendo a especificar um Objetivo « Life Coaching

  2. Pingback: SMART – Especificação de Objetivo (Modelo 1) « Life Coaching

  3. Pingback: Coaching Online – Modelo 01 – Especificação de Objetivo « Life Coaching

  4. A página é excelente. Estarei visitando-a regularmente para melhorar meu aprendizado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s