Coach e Consultor de Carreira – Portal dos Administradores


Esta matéria saiu no Portal dos Administradores, e coloco ela aqui a disposição de meus visitantes:

Por Luana Cristina de Lima Magalhães – InfoMoneyA-A+
O trabalho de um consultor de carreiras vai além do aconselhamento profissional. Você sabe quais são as funções desse “anjo da guarda”?
“Os principais atributos de um consultor de carreira são orientar e ajudar outras pessoas a se desenvolverem profissionalmente, seja na melhora de performance ou no treinamento de novas competências; reduzir as situações de estresse comuns no ambiente de trabalho; e rever o direcionamento da carreira”, ressalta a especialista em gestão de carreiras do IDORT-SP, Elisabete Alves.
Formação acadêmica
A consultora ressalta ainda que a formação acadêmica não interfere muito no trabalho de um consultor. Esse profissional pode ser um economista, um engenheiro, um administrador etc. Entretanto, o que faz a diferença é a experiência.
“Geralmente, os consultores de carreiras reconhecidos no mercado possuem vivência ou têm uma boa bagagem de liderança. Além disso, esses profissionais fazem diversos cursos técnicos de coaching para aperfeiçoar formas de abordagem, por exemplo”.
Sobre a área de atuação, Elisabete destaca que, por ser uma profissão relativamente nova no País, há muito campo de trabalho. Sendo assim, os consultores de carreiras podem atuar em consultorias, ter uma própria consultoria ou trabalhar internamente em empresas.
De acordo com Elisabete, a hora de trabalho de um consultor de carreiras pode variar de R$ 400 a R$ 2 mil.
Coach x Consultor de Carreira
Muitas vezes, as pessoas confundem um coach com um consultor de carreiras. Segundo Elisabete, um coach é um profissional treinado para desenvolver competências em profissionais e, por isso, eles possuem uma formação mais técnica.
De acordo com o diretor da SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching), Sulivan França, um coach em início de carreira recebe em média cerca de R$ 150 a R$ 200 por cada sessão de uma hora e meia. “Se ele atender um cliente por dia, trabalhando 20 dias por mês, terá uma renda de R$ 3 mil a R$ 4 mil”.
Para o coach experiente, o valor da sessão de trabalho é mais elevado ainda. “Essa sessão pode atingir até R$ 1,2 mil”. Por tudo isso, não há como negar que se trata de uma grande opção de carreira. “Tanto que alguns profissionais procuram o coaching para adquirir mais uma formação e, em muitos casos, esta acaba sendo sua nova profissão e fonte de renda”, finaliza França.
Por fim, o consultor de carreiras não desenvolve competências, mas orienta as pessoas, ajudando-as a guiar suas carreiras, apontando oportunidades e auxiliando na recolocação.
Por Luana Cristina de Lima Magalhães - InfoMoneyA-A+

O trabalho de um consultor de carreiras vai além do aconselhamento profissional. Você sabe quais são as funções desse “anjo da guarda”?

“Os principais atributos de um consultor de carreira são orientar e ajudar outras pessoas a se desenvolverem profissionalmente, seja na melhora de performance ou no treinamento de novas competências; reduzir as situações de estresse comuns no ambiente de trabalho; e rever o direcionamento da carreira”, ressalta a especialista em gestão de carreiras do IDORT-SP, Elisabete Alves.

Formação acadêmica

A consultora ressalta ainda que a formação acadêmica não interfere muito no trabalho de um consultor. Esse profissional pode ser um economista, um engenheiro, um administrador etc. Entretanto, o que faz a diferença é a experiência.

“Geralmente, os consultores de carreiras reconhecidos no mercado possuem vivência ou têm uma boa bagagem de liderança. Além disso, esses profissionais fazem diversos cursos técnicos de coaching para aperfeiçoar formas de abordagem, por exemplo”.

Sobre a área de atuação, Elisabete destaca que, por ser uma profissão relativamente nova no País, há muito campo de trabalho. Sendo assim, os consultores de carreiras podem atuar em consultorias, ter uma própria consultoria ou trabalhar internamente em empresas.

De acordo com Elisabete, a hora de trabalho de um consultor de carreiras pode variar de R$ 400 a R$ 2 mil.

Coach x Consultor de Carreira

Muitas vezes, as pessoas confundem um coach com um consultor de carreiras. Segundo Elisabete, um coach é um profissional treinado para desenvolver competências em profissionais e, por isso, eles possuem uma formação mais técnica.

De acordo com o diretor da SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching), Sulivan França, um coach em início de carreira recebe em média cerca de R$ 150 a R$ 200 por cada sessão de uma hora e meia. “Se ele atender um cliente por dia, trabalhando 20 dias por mês, terá uma renda de R$ 3 mil a R$ 4 mil”.

Para o coach experiente, o valor da sessão de trabalho é mais elevado ainda. “Essa sessão pode atingir até R$ 1,2 mil”. Por tudo isso, não há como negar que se trata de uma grande opção de carreira. “Tanto que alguns profissionais procuram o coaching para adquirir mais uma formação e, em muitos casos, esta acaba sendo sua nova profissão e fonte de renda”, finaliza França.

Por fim, o consultor de carreiras não desenvolve competências, mas orienta as pessoas, ajudando-as a guiar suas carreiras, apontando oportunidades e auxiliando na recolocação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s