Como trabalhar nossos Defeitos – Coaching Aplicado


Falar sobre defeitos é um pouco complicado. Nós nunca gostamos de admitir que temos defeitos, mas esse é o primeiro passo para que possamos melhorar cada dia mais nossa convivência com nós mesmos e com as pessoas com as quais convivemos.

Começamos a definir defeito:

defeito – falha, imperfeição (tanto física quanto moral) – pt.wiktionary.org/wiki/defeito

Se formos enumerar todos os defeitos que conhecemos, teremos uma pequena enciclopédia de defeitos para consulta, e como não é este o pretexto do artigo, vamos tentar nos centralizar em defeitos mais comuns existentes. Da mesma forma como trabalhei no artigo sobre valores, irei tentar demonstrar alguns de meus defeitos, e a forma como tenho trabalhado com os mesmos, através das técnicas de Coaching e Auto-Coaching.

  1. Procrastinação: Um de meus defeitos que mais tenho trabalhado atualmente, é o da Procrastinação. Sempre tive um grave problema em relação a tomar atitudes imediatas sobre situações importantes na vida. A partir do momento em que tomei conhecimento do Coaching, e me aprofundei neste estudo, consegui enxergar este defeito em mim mesmo. Umas das formas de se trabalhar com a procrastinação, é trabalhar com uma agenda de tarefas. Saber organizar as tarefas que são importantes, com datas e prazos de entrega. Mesmo que seja um projeto pessoal, é importante definir um prazo de entrega para o mesmo. E a partir desta agenda, é possivel identificar todos os passos necessários para se alcançar o objetivo, na data determinada, e sem acumulo de tarefas.
  2. Falta de Organização: Este ainda é um defeito que me segue, e com o Coaching, tenho aprendido a importância de um ambiente organizado. A falta de organização esta intimamente ligada a procrastinação, E trabalhando os dois “defeitos” em conjunto, estou tendo melhoras significativas, trabalhando em um ambiente mais organizado, e cumprindo metas e objetivos de forma mais sitemática. A Agenda de tarefas é um grande passo para a organização pessoal e profissional, já que a partir da organização de tarefas, é possivel também manter uma organização mais acentuada ao redor. Saber se organizar e cumpri metas tem sido algumas de minhas tarefas, dentro do Auto-Coaching.
  3. Distração: A distração só pode ser considerada um defeito, quando atrapalha por demasiado as funções que lhe são designadas. Houve um tempo em que a distração era um grande empecilho em minhas atividades, principalmente na área educacional, onde eu acabei perdendo alguns anos de estudo, por me distrair e desta forma, chegar a raiz de um defeito maior, desistir por não acompanhar o desenvolvimento do curso. Através do Coaching, aprendi a direcionar melhor minha distração, para momentos em que não me atrapalhe. è importante um momento descontraido, onde você pode absorver melhor o conhecimento adquirido, da mesma forma que também é importante você conseguir se conectar com momentos importantes, e atentar toda sua atenção para as informações que podem ser obtidas nesta momento. Saber trabalhar com equilibrio, é a chave para manter a distração fora da categoria de “defeitos”, e se tornar uma aliada de nosso desenvolvimento.
  4. Raiva: A raiva pode se tornar um defeito mosntruoso em nossa vida. A algum tempo, eu poderia me considerar uma pessoa de pavio muito curto, apesar de ser paciente, respeitar ideias alheias, bastava uma pequena situação para me tornar uma pessoa realmente com raiva. A Raiva é uma forma de expressar o que sentimos, mas de maneira agressiva e autoritária. Com o processo de coaching, foi possivel eu tomar conhecimento deste meu lado mais agressivo, e me confrontar diretamente com ele, entendo melhor como domina-lo. Sempre que deixamos a raiva tomar conta de nossa personalidade, é porque temos um gatilho mental embutido no processo, e quando o gatilho é acionado, nos transformamos rapidamente. O Coaching possibilita a identificação destes gatilhos, e processos e ferramentas poderosas que desativam este mecanismo, substituindo nossas ações por algo mais saudavel e dentro das espectyativas. O Coaching me tornou uma pessoa muito melhor neste sentido, e continua transformando minha vida, a cada dia onde aplica os conhecimentos, seja em mim mesmo, ou através de sessões com outras pessoas, amigos e clientes.

Como eu disse anteriormente, se fosse dissecar todos os defeitos que conheço, não acabariamos este artigo tão cedo, mas vamos partir para o encerramento do mesmo, deixando algumas questões que podemos pensar um pouco, e de certa forma, descobrir nossos defeitos e eas possibilidades de mudança para fazer parte de um mundo muito melhor.

Perguntar a nós mesmo as formas de como reagimos diante de alguma situação, é uma forma de encontrarmos os defeitos que se escondem dentro de nós. Perguntas como:

  • Como você reage em relação a isto? (alguma situação que te deixe com sentimentos desagradaveis)
  • Como você gostaria de ter se comportado, sentido, agido? (buscando uma relação oposta para mostrar como nos comportamos, como nos sentimos e como agimos e determinada situação)
  • Qual foi o maior desafio?
  • O que pode ser melhorado?
  • O que precisou ser superado?

São perguntas que de alguma forma, podem nos levar a uma reflexão, que fará com que encontremos alguns de nossos defeitos camuflados.

Espero que este artigo tenha sido claro em sua função de esclarecer um pouco sobre o assunto, e que qualquer outra informação pode ser obtida através dos comentários, ou enviando um e-mail direto para mim: douglas.coach@gmail.com.

Encerrando, o mais importante, quando estamos falando de defeitos, não é dar destaques nem realçar os defeitos nossos ou das pessoas, é entender que todos temos defeitos, e que nossa missão neste mundo, é aprimorar nossos conhecimentos e aparar nossas arestas, buscado se tornar uma pessoa honrada, digna de possuir o titulo mais precioso que podemos ter. A jóia chamada vida.

coach-pb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s