Assumindo Responsabilidades – O Segredo do Sucesso


responsabilidade

É muito comum, o fato de não assumirmos as responsabilidades de nosso dia a dia, frases como:

  • Não fui bem na prova por culpa da professora;
  • Fui demitido por culpa do patrão;
  • Não consegui emprego por culpa da crise;
  • Meu negócio próprio não deu certo por culpa da concorrência;
  • Minha vida não vai pra frente por culpa do meu relacionamento;
  • Cheguei atrasado por culpa do motorista;
  • Fracassei na reunião por culpa de meus colegas de trabalho;

e muitas outras, são desculpas que mesmo sem perceber, acabamos usando no nosso cotidiano. Estamos tão acostumados a não assumir responsabilidades, que qualquer coisa que aconteça em nossa vida, já tentamos arrumar um culpado, um motivo de desculpa insentando nossa propria responsabilidade.

Para o processo de Coaching, é muito importante assumir as responsabilidades pelas nossas falhas, e ao fazer isso, nos colocamos no papel de aprendizes de nossos proprios erros, facilitando um feedback eficiente sobre nossa maneira de agir diante das situações que podem atrapalhar o nosso desenvolvimento.

Uma pessoa de sucesso, não está preocupada em colocar a culpa de seus erros em uma situação, ou em outras pessoas, ela está muito mais preocupada em determinar onde falhou, para que o incidente não se repita novamente, e ela possa alcançar o seu objetivo.

Existem maneiras de não criarmos esta dependência nas desculpas, e verificar se estamos evitando as responsabilidades de nossos atos, uma delas, é você ter um momento de reflexão sobre sí mesmo, pensar um pouco sobre como você esta escrevendo a sua própria vida, ver onde já fracassou e eliminar todas as possibilidades externas de erro, até chegar ao principio, onde na grande parte das vezes, verá que o erro maior foi cometido por si mesmo, ao deixar que a situação saisse de seu controle. Usando como exemplos as frases acima, vamos fazer algumas comparações:

1 – “Não fui bem na prova por culpa da professora”

Essa é realmente a verdade, quando esta situação acontece? Você parou por alguns instantes, para pensar e relembrar se você estudou adequadamente para esta prova? Deixou de perguntar coisas importantes ao seu mestre, no momento das aulas, que influenciou em seu fracasso neste momento? Deu total atenção ao que estava sendo passado, sem se distrair com colegas de classe, não frequentando as aulas? Estas são situações comuns, eu que faço faculdade de administração, vejo muito isso acontecer. Pessoas que faltaram quase em todas as aulas, e chegar ao final do semestre em DP em determinadas matérias, e culpar o ensino da escola, culpar os professores.

2 – “Fracassei na reunião por culpa de meus colegas de trabalho”

Outra situação clássica, onde devemos olhar para trás e analisar nosso próprio comportamento. Será que foi feito uma correta preparação do conteúdo da reunião? Você analisou as pautas, preparou todo o material necessário, deu total importância para o assunto a ser tratado? Conseguiu descansar no dia anterior? Está satisfeito com seu cargo atual, esta satisfeito com a empresa onde trabalha? Se era sua responsabilidade fazer uma apresentação segura na reunião, dedicou parte de seu tempo, para estar realmente preparado para o momento? Em empresas onde já trabalhei, também era situações comuns pessoas irem para as reuniões sem nem ao menos saber a pauta do dia, sem se informar antes do que seria necessário apresentar. E depois estas mesmas pessoas acabam colocando a culpa em outras pessoas que trabalham no mesmo local.

3 – “Não consegui emprego por culpa da crise”

Hoje em dia esta é a desculpa mais comum nos meios de conversas sociais. Mas será que a crise é tão violenta assim? Paremos para analisar novamente: Você se preparou com cursos e conhecimento, para buscar uma vaga de emprego? Você se preparou fiscamente e mentalmente, para aceitar um trabalho, mesmo que seja um pouco fora de sua área de atuação? Você se comportou de maneira adequanda diante de uma entrevista? Trabalhando diretamente com pessoas, muitas vezes me deparo com estas situações, onde o individuo, sem nenhum preparo, vai a uma entrevista de emprego ostentando seus belos piercings, roupas, como se acabasse de sair de um baile de sabado a noite, sem nenhum conhecimento da empresa na qual esta sendo entrevistado, sem nenhum preparo academico para o cargo disputado, e após serem “rejeitadas” nas entrevistas de emprego, acham mais facil culpar a crise.

Estas são algumas analises de situações, onde assumir a responsabilidade se torna importante. Hoje, o profissional, a pessoa, deve ter responsabilidade, deve saber que tem o controle total de sua vida, independente de quem convive ao seu lado. Devemos saber reconhecer nossa culpa quando as coisas dão erradas, pois assim é a vida, assumir responsabilidades e aprender com os erros. Espero ter sido claro em minhas esplanações de hoje, e caso tenham alguma dúvida, algum cometário a fazer, sintam-se a vontade. Aceito também sugestões de outros temas futuros, que se estiverem ao meu alcance, estarei desenvolvendo artigos relevantes.

Abraços e Sucesso a todos…

coach-pb

Anúncios

7 Respostas para “Assumindo Responsabilidades – O Segredo do Sucesso

  1. Que pena que “a culpa é dos outros” é a melhor saída pra um povo que tem muito pra dar mas ainda nao sabe disso.

    • É verdade Alexandre, mas esta situação está mudando, as pessoas estão se tornando mais responsáveis pelas suas próprias vidas. Pode demorar um pouco ainda para vermos os resultados dessa mudança, mas ela esta acontecendo.

  2. Pingback: Wordpress.com sempre informa os grandes blogs… | Ater Internet: Empresa de webdesign | Criacao de sites

  3. Achei interessante seu artigo, como as pessoas já estão acostumadas, não eh facil mudar de comportamento, leva um tempo para se adaptar as mudanças, caso a pessoa decid mudar. Gostaria que vc escrevesse um artigo sobre o porque das pessoas se acostumarem a situação em q se está, pq a maioria das pessoas encontram tantos obstaculos em se superarem cada vez mais. Não sei se entendeu bem o que eu tentrei dizer, mais eh isso. Beijos

    • Olá Danielle, muito obrigado por visitar meu espaço, com certeza estarei preparando um artigo a respeito do que deseja. Se entendi bem o que deseja, quer que fale um pouco sobre a Zona de Conforto, e como é difícil sair dela. Vou preparar um artigo a respeito e espero que volte sempre. Abraços e sucesso.

  4. Pingback: Técnicas de Coaching – Especificação de Objetivos – 2ª Parte « Life Coaching

  5. Olá tudo bem? Meu nome é… deixemos as apresentações.
    Adorei seu artigo sou inciante em coaching, consegui com escuta ativa realizar um trabalho de transformação pessoal com uma colega. Ela tinha medo de não atingir a nota maxima que o pai esperava dela. Sempre não estudava para não pensar ” estudei e tirei nota baixa”. Apos dois encontros ela consegui manter seu rendimento la em cima. Só tira 10 pois aceita sua responsabilidade sobre os estudos.

    Por favor nobre colega, voc~e tem um coaching , mais focado em emoções.

    Como manter animo e alegria em ambiente hostil, que prevalece o medo. Sabemos o que quero dizer, pois sei que es experiente.

    Para esclarecer! Como manter um animo blindado em relações em que seu chefe é um manipulador da informação? Como vender bem com um chefe a te sabotar fortemente? Sem opção de sair da empresa?
    Em relações familiares como manter-se pleno com parentes “Flexiveis”?
    Como blindar-se caso seu chefe sejá a ponte para alcançar uma promoção em outra empresa?

    Sabemos que eles detonam com a utilização da culpa, medo etc.
    Há blindagem emocional?

    Como elaborar perguntas fortalecedoras para pessoas que estão induzidas ao fracasso?

    Novamente Parabens pelo trabalho, esté saite e bem organizado claro e as imagens tem um poder de elucidar duvidas e questionamentos.
    Obrigado pela atenção. Desejo receber por email um comentario minucioso.

    Até breve e SUCESSO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s