Arquivo do mês: julho 2011

Modelo 14 – Trabalhando com Âncoras

Coach Douglas Ferreira

Antes de iniciar este modelo, peço desculpas pelo desenho sem legendas, mas foi a unica cópia que encontrei no youtube com a cena desejada para este artigo. Escolhi este desenho em especial, pois ele representa exatamente o que o uso de uma âncora pode fazer para nos auxiliar nas mudanças de comportamento e controle de nossos estados emocionais positivos.

A Âncora, nada mais é do que um elemento que podemos utilizar para resgatar sentimentos positivos, e que podem nos ajudar a prosseguir em momentos de dificuldades quando buscamos atingir um determinado objetivo.

Este exercício deve ser feito em um momento em que você esteja tranqüilo e confortável, sem interrupções, e que possa dedicar algum tempo para você mesmo, de forma a se tornar eficaz dentro do esperado.

Passo a Passo – Controlando Estados Emocionais

Passo 1 – Estado Emocional Desejado:

Determine um estado emocional que você deseja fortalecer. Pode ser confiança ao se dirigir em público, Determinação na busca de um objetivo, Motivação para executar determinada tarefa. O importante é que você determine o estado emocional que deseja nos momentos que você encontra alguma dificuldade.

Passo 2 – Determine uma Âncora:

Âncora pode ser qualquer estimulo que possa ser repetido e realizado sem muitas dificuldades. Pode ser o fechar de um punho, um sorriso mais expressivo, um estalar de dedos. O importante é que este estimulo possa ser repetido e não precise de nenhum objeto, apenas a imposição de seu corpo.

Passo 3 – Buscando Inspiração:

Recorde de um momento em sua vida, que você tenha sentido o mesmo sentimento que deseja agora, mas que tenha sido intenso e único, que tenha marcado você de uma forma como nenhum outro marcou. Se esta buscando alegria, pode se lembrar de seu baile de formatura, ou outro evento que a tenha deixado em êxtase de alegria. Se esta buscando conquistas, sentimentos de vitória, você pode pensar em um momento que tenha lhe dado uma grande vitoria, uma grande conquista. Ou seja, escolha aquele momento que reflete exatamente o sentimento que você deseja resgatar, para as situações que esta vivendo atualmente.

Quando se recordar deste momento, em um lugar bem confortável, relembre cada momento, responda para si mesmo as seguintes questões. Se preferir, você pode escrever as respostas em uma folha de papel, o que vai lhe ajudar a manter os detalhes:

  1. O que você estava vendo neste momento?
  2. O que você estava ouvindo?
  3. O que você estava sentindo?

Quanto mais descritivo você conseguir formar este momento em sua mente, mais fácil será o processo de resgate do mesmo.

Passo 4 – Associação:

Após ter este momento gravado nitidamente, quando sentir que esta no ápice do sentimento, realize o estimulo determinado no passo 2. Exemplo: No seu baile de formatura você esta no ápice de sua felicidade, dançando a valsa, ou recebendo o seu diploma. Este pode ser considerado o momento mais feliz que você já teve, e então, neste momento, você cerra o punho da mão direita.
Mantenha este estimulo por pelo menos 15 segundos, mantendo dentro de si o sentimento resgatado.

Passo 5 – Interrupção:

Após terminar este primeiro treino, levante-se, estique um pouco o corpo, de uma relaxada, permaneça alguns minutos apenas relaxando.

Passo 6 – Testando seu Estimulo:

Após descansar um pouco, repita o estimulo (fechar dos punhos) e descreva qual o resultado. A intenção deste teste é verificar se o estimulo começa a fazer efeito. Descreva o que você sente quando executa o estimulo.

Passo 7 – Repetição:

Repita os passos 3, 4, 5 e 6 por pelo menos mais 3 vezes.

Passo 8 – Visualização Guiada:

Determine quando você irá precisar utilizar este estimulo em busca de seu objetivo. Planeje antecipadamente, e pratique o mesmo pelo menos uma vez por dia, até você ter controle total sobre seu sentimento. Faça testes ocasionais durante o seu dia a dia, em locais e situações diferentes.

Este exercício trabalha mais com nosso interior, neste caso, é importante que você defina exatamente como se sentiu ao realizá-lo, pois devido a sua forma mais lúdica de atuação, o feedback pode se tornar um pouco mais complicado. Quanto mais detalhes você me transmitir, será melhor para que façamos uma análise posterior.

Faça o Download do Arquivo em PDF

Espero que tenham gostado deste modelo, e caso tenham alguma dúvida, entrem em contato com nossa equipe.

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

Anúncios

Sobrevivente do Vôo 1549 – Motivacional

Coach Douglas Ferreira

Este é um exemplo de motivação e visão do futuro. Porque sempre decidimos mudar nossos modos de viver, quando algo de ruim acontece? Porque não começar a mudança hoje mesmo, sem pressão, sem desconforto? Descobrir nossos valores e realizar nossos objetivos devem ser o ponto inicial de todas as nossas ações.

Link para o Vídeo (Desculpem, mas o mesmo não permite incorporação)

Promova a mudança de sua vida hoje mesmo, torne-se uma pessoa melhor e alcance o sucesso que você tanto espera. Entre em contato com nossa equipe e solicite informações sobre como o Coaching pode mudar sua vida.

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

Sete Motivos Profissionais para realizar o Coaching

O Coaching pode oferecer grandes benefícios para a sua vida profissional. Veremos a seguir uma série de cards com os 7 motivos profissionais que levam uma pessoa a procurar o coaching, alcançando assim a excelência em sua vida profissional:

1 - Resultado Profissional - Coach Douglas Ferreira

1 - Resultado Profissional - Coach Douglas Ferreira

2 - Satisfação Profissional - Coach Douglas Ferreira

2 - Satisfação Profissional - Coach Douglas Ferreira

3 - Relacionamentos Profissionais - Coach Douglas Ferreira

3 - Relacionamentos Profissionais - Coach Douglas Ferreira

4 - Auto-Conhecimento Profissional - Coach Douglas Ferreira

4 - Auto-Conhecimento Profissional - Coach Douglas Ferreira

5 - Flexibilidade Profissional - Coach Douglas Ferreira

5 - Flexibilidade Profissional - Coach Douglas Ferreira

6 - Saúde e Redução de Stress - Coach Douglas Ferreira

6 - Saúde e Redução de Stress - Coach Douglas Ferreira

7 - Habilidades Profissionais - Coach Douglas Ferreira

7 - Habilidades Profissionais - Coach Douglas Ferreira

Coach Douglas Ferreira

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

A importância do Coaching em nossa Vida!

Coach Douglas Ferreira

Há algum tempo atrás, eu publiquei um artigo a respeito da importância do Coaching, e fiz uma menção de onde podemos encontrar nosso cliente. Comentei também sobre o primeiro Coach de nossas vidas, representados pelos nossos pais, pois eles podem ser o maior exemplo de Coach, já que nos auxilia a vencer e conquistar nossos sonhos e desejos, sempre acreditando em nosso potencial, e sempre com uma palavra de sabedoria, para nos ensinar a dinâmica da vida. Hoje, recebi um texto em meu e-mail que gostaria de dividir com todos vocês, e que mostra, que um Coach pode estar ao seu lado agora mesmo, neste instante, e você pode nem perceber. Pode ser um amigo que encontramos na rua, nosso companheiro ou companheira, ou até mesmo um desconhecido, sentado ao nosso lado. Espero que gostem do conto abaixo, pois dedico a todos os Coachs que, em conjunto, trabalham para promover a melhora do ser humano.

A jovem era muito linda. Entrou no avião e começou a buscar com os olhos um lugar especial.
Poucos passageiros haviam adentrado e havia muitos lugares vagos. Ela parecia não estar satisfeita com a poltrona que lhe fora previamente marcada.
Finalmente, olhou para um senhor de cerca de quarenta anos, aproximou-se e se sentou na poltrona ao seu lado.
Ela trazia a amargura estampada na face e a solidão de sua alma parecia extravasar por todos os poros.
Não se passaram muitos minutos e ela tentou entabular uma conversa com o companheiro de viagem.
De início, ele se fez arredio mas, como ela insistisse, ele aquiesceu e começaram uma conversa que se prolongaria pelas duas horas de vôo.
Ela se mostrava ansiosa por encontrar alguém a quem pudesse dizer das suas dificuldades. Era uma alma desejosa de orientação, de socorro.
E aquele senhor, por sua formação moral e religiosa, ofereceu-lhe, naqueles 120 minutos, material suficiente para que ela pudesse refazer a sua vida.
Ela se corrompera aos 14 anos. Dizia ter perdido tudo o que uma pessoa tem de bom, de lindo e de digno.
Tudo para ostentar jóias caras, essas coisas que convencionamos ser de valor.
Ele lhe falou de solidariedade e espancou as nuvens densas em que ela se envolvia, apresentando-lhe o sol da boa vontade.
Falou-lhe de dignidade, de melhoria. Convidou-a a uma nova vida.
Ao final da viagem, ela lhe disse que não sabia, exatamente, se poderia colocar em prática tudo o que ele lhe falara. Mas que tentaria começar uma vida nova.
Ao se despedirem, ela o olhou e afirmou:
O senhor tem o rosto tão alegre. Desde que me sentei ao seu lado, vi que o senhor estava sorrindo.
Não sorrindo com os lábios, não. Era algo especial, que vinha do senhor. Por isso escolhi me sentar ao seu lado. Estava imensamente triste e desejava me contaminar.

Muito obrigado a todos que compartilham de meu espaço, e agradeço a todos pelos comentários e pela participação.

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

9 Motivos Pessoais para realizar o Coaching

Porque devemos participar de um processo de Coaching? Nesta série de quadros abaixo, veremos 9 motivos para que você participe de um processo de coaching, e dê o primeiro passo para alcançar suas metas e seus sonhos.

1 - Felicidade - Coach Douglas Ferreira

1 - Felicidade - Coach Douglas Ferreira

2 - Qualidade de Vida - Coach Douglas Ferreira

2 - Qualidade de Vida - Coach Douglas Ferreira

3 - Saúde e Diminuição de Stress - Coach Douglas Ferreira

3 - Saúde e Diminuição de Stress - Coach Douglas Ferreira

4 - Relacionamentos e Comunicação - Coach Douglas Ferreira

4 - Relacionamentos e Comunicação - Coach Douglas Ferreira

5 - Auto-Conhecimento - Coach Douglas Ferreira

5 - Auto-Conhecimento - Coach Douglas Ferreira

6 - Prosperidade - Coach Douglas Ferreira

6 - Prosperidade - Coach Douglas Ferreira

7 - Planejamento - Coach Douglas Ferreira

7 - Planejamento - Coach Douglas Ferreira

8 - Emoções - Coach Douglas Ferreira

8 - Emoções - Coach Douglas Ferreira

9 - Habilidades - Coach Douglas Ferreira

9 - Habilidades - Coach Douglas Ferreira

Coach Douglas Ferreira

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

Modelo 12 – Road Map – Planejamento de Metas

Coach Douglas Ferreira

Apresentando mais um Modelo de Coaching para uso online, O Road Map. Esta ferramenta é utilizada em conjunto com outras ferramentas, como Especificação de Objetivos, Resultados esperados e a Dream List, para um melhor planejamento do objetivo previsto.

Road Map

Basicamente, o Road Map é uma linha do Tempo, onde podemos visualizar graficamente todos os passos que serão necessários, desde o ponto em que estamos, até alcançar o objetivo desejado. Ele pode ser simples, representado apenas por uma linha, ou mais complexo, representado como um fluxograma detalhado de cada passo apresentado.

Iremos neste passo a passo, realizar um Road Map simples. Uma das características do Road Map, é o fato dele começar o planejamento a partir do fim do processo, para isso é necessário que antes você já tenha um objetivo previsto. Vamos para isso utilizar um exemplo simples, e a partir deste exemplo, elaborar nosso Road Map.

Passo a Passo

Como exemplo do processo, vamos estabelecer a meta de Comprar um Carro, para isso, é importante como eu disse anteriormente, especificar corretamente o objetivo, e é nesta primeira etapa que iremos utilizar as informações obtidas:

  • Modelo do Carro: Corsa Sedã – Ano 2008 – Cor Vinho
  • Data de Aquisição: Dezembro de 2011
  • Observações: Regularizar Carteira de Motorista

Como este é só um exemplo, iremos utilizar os dados de forma simplificada, estas informações serão o suficiente para este processo. Começaremos o processo pelo objetivo já realizado, que é a compra do carro. Como já vimos em alguns artigos anteriores, quando especificamos um objetivo ele deve já fazer parte de nossa vida, pelo menos em nossa mente. Vamos então ao inicio:

A grande questão utilizada neste processo é:

Qual foi minha ação imediata antes desta ação atual?

  1. 20/12/2011 – Viajando com minha familia para um passeio na praia com meu carro novo;
  2. 19/12/2011 – Preparando as malas e escolhendo o lugar para onde vou passear com minha familia;
  3. 10/12/2011 – Regularizando a compra de meu carro novo no cartório;
  4. 05/12/2011 – Compra do carro na loja escolhida;
  5. 20/11/2011 – Pesquisa em diversas lojas para verificar oferta do carro que quero comprar;
  6. 05/11/2011 – Verificar junto a empresas de crédito, caso haja necessidade;
  7. Definindo um Objetivo: Comprar um Carro

Este foi um pequeno exemplo de como deve ser feito um Road Map. Logicamente que quando ele é feito utilizando todas as informações obtidas em uma Análise Criteriosa e uma correta Especificação de Objetivo, ele terá mais passos a serem seguidos, e o tempo poderá ser melhor definido.

Após a conclusão do Road Map, é importante verificar a consistência de cada passo, se não falta nenhuma observação ou ação que seja importante para a realização do objetivo desejado. Isso pode ser obtido aplicando ferramentas como a Análise de Metas Smart, ou Crie-PE, que já vimos anteriormente. Este processo é sempre recomendado que seja feito com a supervisão de um Coach, pois o mesmo poderá auxiliar na correta forma de estabelecer seus passos, como também na congruência dos mesmos.

Caso tenham gostado deste modelo, entre em contato para verificar a disponibilidade de realizar uma sessão de coaching para aprender a especificar seus objetivos e realiza-los. Sua participação é muito importante para nosso espaço, e agradecemos sua visita.

Abraços e Sucesso Sempre

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

 

Você está preparado para enfrentar a morte?

Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida…
Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:
“Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes”.
No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:
– Quem será que estava atrapalhando o meu progresso ?
– Ainda bem que esse infeliz morreu !
Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.
A pergunta ecoava na mente de todos: “Quem está nesse caixão”?
No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo… Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: VOCÊ MESMO! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo. “SUA VIDA NÃO MUDA QUANDO SEU CHEFE MUDA, QUANDO SUA EMPRESA MUDA, QUANDO SEUS PAIS MUDAM, QUANDO SEU(SUA) NAMORADO(A) MUDA. SUA VIDA MUDA… QUANDO VOCÊ MUDA! VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL POR ELA.”

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando “você muda”.

Luís Fernando Veríssimo

A vida Muda, quando “Você Muda”

Ouvi esta parábola a muito muito tempo atrás, em um treinamento motivacional em uma empresa de informática onde eu era um colaborador. O que sempre mais me marcou neste texto, é a sua frase final, que segue como título deste parágrafo.

É muito curioso, quando eu como Coach, observo em vários de meus clientes a vontade de mudar de vida, mas quando percebem que para isso irão precisar se movimentar, executar mudanças em sí mesmos, acabam por desanimar ou desistir do processo. As pessoas em sua grande maioria acham que a vida pode melhorar quando as mudanças ocorrem ao seu redor, mas nunca aceitam que devem realizar antes a mudança a partir do centro dos problemas e situações, que neste caso, é o próprio individuo.

O Life Coaching é um processo de mudança, e mais do que isso, é também um processo de mudança pessoal e interior. Na teoria, todos os indivíduos são capazes de promover mudanças internas, mas quando partimos para a prática de um processo de Coaching, é visível a resistência que existe dentro de cada individuo para realizar e promover essas mudanças.

As pessoas tem o costume de reclamar de que tudo esta errado, de que as situações não melhoram, mas não percebem que as situações não se alteram sozinhas, e que sempre é necessário um certo esforço, é necessário sair da zona de conforto, e promover as mudanças sem se importar com a situação ao redor, pois quando você promove a melhoria em sí mesmo, acaba mudando todo o ambiente que lhe cerca.

Apesar de muitas pessoas não gostarem de Paulo Coelho como escritor, tenho um certo apreço por seus livros, e um livro que me chama muito a atenção, é o livro “O Alquimista”, que narra a saga de um individuo buscando a mudança de sua vida, buscando realizar seu sonho inicial de encontrar um tesouro. Um dos conceitos mais profundos que encontro neste livro, é referente ao trabalho do alquimista, que fica em seu pequeno espaço, entre suas fervuras e vapores, tentando transmutar o chumbo em ouro. Vejamos um pequeno trecho:

Finalmente, quando começaram a cruzar uma montanha que se estendia por todo o horizonte, o Alquimista disse que faltavam dois dias para chegarem até às Pirâmides.
– Se vamos nos separar logo – respondeu o rapaz – me ensine Alquimia.
– Você já sabe. É penetrar na Alma do Mundo, e descobrir o tesouro que ela reservou para nós.
– Não é isto que quero saber. Falo de transformar chumbo em ouro.
O Alquimista respeitou o silêncio do deserto, e só respondeu ao rapaz quando pararam para comer.
– Tudo no Universo evolui – disse ele. – E para os sábios, o ouro é o metal mais evoluído. Não pergunte porquê; não sei. Sei apenas que a Tradição está sempre certa. “Os homens é que não interpretaram bem as palavras dos sábios. E ao invés de símbolo de evolução, o ouro passou a ser o sinal das guerras.
– As coisas falam muitas linguagens – disse o rapaz. – Vi quando o relincho de camelo era apenas um relincho, depois passou a ser sinal de perigo, e finalmente tornou-se de novo um relincho. Mas calou-se. O Alquimista devia saber tudo aquilo.
– Conheci verdadeiros alquimistas – continuou. – Se trancavam no laboratório e tentavam evoluir como o ouro; descobriam a Pedra Filosofal. Porque haviam entendido que quando uma coisa evolui, evolui também tudo que está a sua volta. “Outros conseguiram a pedra por acidente. Já tinham o dom, suas almas estavam mais despertas que a das outras pessoas. Mas estes não contam, porque são raros. “Outros, enfim, buscavam apenas o ouro. Estes jamais descobriram o segredo. Esqueceram-se de que o chumbo, o cobre, o ferro, também têm sua Lenda Pessoal para cumprir. Quem interfere na Lenda Pessoal dos outros, nunca descobrirá a sua”.
As palavras do Alquimista soaram como uma maldição. Ele abaixou-se e pegou uma concha no solo do deserto.
– Isto um dia já foi um mar – disse.
– Já tinha reparado – respondeu o rapaz. O Alquimista pediu ao rapaz para colocar a concha no ouvido. Ele tinha feito isto muitas vezes quando era criança, e escutou o barulho do mar.
– O mar continua dentro desta concha, porque é sua Lenda Pessoal. E jamais a abandonará, até que o deserto se cubra novamente de água.
Depois montaram em seus cavalos, e seguiram em direção às Pirâmides do
Egito.

O Coaching pode ser considerado hoje a verdadeira Pedra Filosofal, e suas técnicas o grande segredo do Elixir da Longa Vida. Ele propõem mudanças interiores, para que você possa ir em busca de seus objetivos e crescer, pessoal, profissional, psicológica e espiritualmente. mas tudo isso depende unicamente de sua força de vontade em mudar, de você tomar as rédeas de sua vida hoje, e conduzi-la para um patamar mais alto, com uma maior qualidade de vida, e onde todos os tesouros que você procura, poderá ser encontrado.

O intuito deste artigo, é promover a partir de hoje, uma mudança radical em nossos modos de vida. Convido você, a juntos, matarmos este ser individualista, egoísta e não aberto as mudanças, e deixar que nasça um novo individuo, que seja capaz de mudar e buscar seu próprio crescimento, sem dependencias de fatores exteriores, e desta forma, promover não só a mudança de nós mesmos, mas promover a mudança de nosso ambiente, e até mesmo de nosso mundo em uma escala maior.

As pessoas que que são loucas o suficiente para pensar que podem mudar o mundo, são as que fazem – Steve Jobs (co-fundador da apple)

Abraços e Sucesso Sempre.

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

Modelo 11 – Crenças Limitantes

Em mais um processo de Coaching Online, hoje vamos tratar de um assunto muito importante, e uma técnica com inúmeras utilizações nos mais variados níveis de trabalho do Coaching.

O Critico Interno - Calvin

O Critico Interno - Calvin

O Critico Interno é aquela voz que todas as pessoas possuem dentro de sí. Ele se torna inconveniente, quando estamos planejando uma mudança em nossa vida, ou desejamos conquistar alguma vitória, e logo somos assolados por pensamentos negativos, que em quase 90% das situações, acabam por nos fazer desistir de nossos planos e sonhos. Vejamos alguns exemplos de pensamentos negativos que podem surgir:

  • Eu não consigo me organizar;
  • Eu nunca vou conseguir atingir meus objetivos;
  • Eu não tenho direito a ter esta conquista;
  • Eu não sei como posso resolver este problema;
  • Eu não tenho capacidade em aprender isto;
  • Eu não consigo, eu não posso, eu não sei…
Critico Interno por Coach Douglas Ferreira

Critico Interno por Coach Douglas Ferreira

Quando começamos a dizer a nós mesmos frases que começam com “eu não (alguma coisa)”, é certo que estamos sob influência de um critico interno, e enquanto não dominarmos este pensamento, e transforma-lo em algo positivo, dificilmente iremos conseguir da um passo em direção ao nosso objetivo e sucesso.

Neste momento que entra o Coaching e um processo que vai lhe ajudar a manter essa voz sob controle, e até mesmo a reverter suas mensagens desmotivacionais, para poderosas frases que irão lhe motivar a alcançar seus objetivos e ir além.

Vamos ver a seguir o Processo em um explicativo Passo a Passo:

O Crítico Interno

Aprenda como controlar a sua voz interior crítica, e transforma-la em uma voz fortalecedora.

  • Nomeie a sua voz interna ou seu dialogo interior.

Isso é importante pois irá formalizar a sua voz interna, e assim, será mais fácil coloca-la fora de você, e ter um maior controle sobre como ela atua e influencia suas decisões.

  • Faça um diário de seu critico interno, passe pelo menos uma semana monitorando a freqüência, intensidade e palavras exatas de cada autocrítica

Esta etapa irá criar um diário inicial da atuação de seu critico interno, e desta forma, você poderá monitorar o progresso que esta fazendo na questão de transforma-lo em algo positivo para o seu desenvolvimento.

  • Escolha inicialmente um ou dois padrões de pensamento para iniciar seu processo de transformação.
  • Após escolher um ou dois padrões de pensamento negativo, elabore frases positivas que neutralizem a negativa, por exemplo:

Frase Negativa: Eu nunca vou alcançar minhas metas.

Frase Positiva: Mentira, eu já obtive muitos sucessos no passado e vou ter sucesso novamente.

  • Pratique estas novas sentenças sempre que vier a sua cabeça o critico interno com suas frases negativas. Monitore constantemente seus avanços junto ao seu “diário”, verificando os resultados positivos deste exercício. Se você fizer como indicado, em pouco tempo poderá perceber que as vozes se alteram dentro de sua mente, tornando-se em frases de positivismo, que irá facilitar em muito o seu acesso ao sucesso e objetivo que espera.

Formas de Interromper padrões de pensamento negativos

As vezes o critico interno se torna tão intenso, que é necessário um pouco mais que força de vontade para combate-lo, neste caso, podemos usar a técnica a seguir para eliminar estes pensamentos negativos que povoam nossa mente:

  1. Defina o pensamento negativo ou critico que lhe incomoda;
  2. Escolha um padrão de interrupção. (O mais indicado e utilizado é um elástico no pulso, e sempre que perceber o padrão de pensamento negativo, estique o elástico e solte-o no pulso, interrompendo desta forma o padrão de pensamento)
  3. Ao mesmo tempo que utiliza o elástico, substitua o pensamento antigo por um novo pensamento, mas que seja positivo.
  4. Monitore os seus pensamentos enquanto dura o processo: Freqüência, Intensidade e a Utilidade da ferramenta na mudança de padrão.
  5. Continue praticando este exercício sempre que sentir um novo padrão de pensamento negativo tomando forma. A principal característica deste processo é o seu uso diário e constante, pois mudar uma forma de comportamento é sempre o maior desafio para quem deseja buscar novos horizontes e novas experiências que possam lhe trazer o sucesso e o desenvolvimento pessoal que almeja alcançar.

Espero que tenha gostado deste novo processo, e qualquer dúvida entrem em contato com nossa equipe através dos comentários.

Abraços e Sucesso Sempre.

Seus comentários podem nos ajudar a melhorar e oferecer um conteúdo mais direcionado. Ajude-nos a fazer deste espaço, um local onde as suas dúvidas podem encontrar uma solução.

História do Coaching

Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira

Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira

Muito se fala sobre o Coaching hoje em dia, mas poucas pessoas realmente conhecem sua origem, e sua trajetória até os dias de hoje. Hoje neste artigo, pretendo relatar um pouco desta história de sucesso desta ferramenta de desenvolvimento humano e pessoal.

Acima, temos uma breve referencia as datas mais importantes, e como podemos ver, o Coaching já é tema de relatos desde 1500, quando surgiu como forma de descrever o condutor de carruagens na idade média, em territórios europeus.

Estes condutores foram chamados de Cocheiros, ou aquele que conduz o coche (nome dado as carruagens) Os cocheiros eram profissionais que conduziam seus passageiros para os destinos desejados. Após um longo período mantendo este significado, somente em 1850, o mesmo termo foi atribuído a professores e mestres de universidades, principalmente quando se tratava de um tutor, ou aquele individuo responsável em auxiliar os estudantes nas preparações de testes e exames diversos.

Neste momento, é importante ressaltar que o significado do termo era o mesmo, um individuo que conduzia seu “passageiro” para um destino previamente desejado. Significado este que não se alterou, desde seu primeiro uso.

Em 1950, o termo Coach foi usado pela primeira vez como uma habilidade de gerenciamento de pessoas, onde então, foram introduzidas as primeiras técnicas de desenvolvimento pessoal e humano, valorizando as competências dos indivíduos e relacionando as mesmas ao processo de melhoria continua. Apesar de inúmeras pesquisas, não encontrei nenhum fato ligando este termo ao processo esportivo na década de 50, mas imagino que neste mesmo período o mesmo foi introduzido neste setor, designando como Coach, o responsável pelo treinamento e aperfeiçoamento de atletas e equipes esportivas tanto na Europa como nos Estados Unidos.

Chegamos então ao ano de 1960, quando em Nova Iorque, em um programa educacional introduziu pela primeira vez as habilidades de Coaching de Vida, ou Life Coaching. Posteriormente este programa foi introduzido no Canadá, onde foi aperfeiçoado com a introdução de técnicas e ferramentas para a resolução de conflitos e problemas. Neste momento o Coaching começa a ganhar força dentro dos meios empresariais, e sua utilidade se mostra mais significativa na década de 80, onde programas de liderança incluiria o conceito de Coaching Executivo e a partir deste momento, o Coaching surge como uma poderosa ferramenta de desenvolvimento humano pessoal e profissional, sendo utilizado até os dias de hoje por grandes corporações e seus lideres.

No Brasil, o Coaching surgiu na década de 70, através de associações com o meio esportivo, para então entrar no mundo dos negócios ainda mantendo seu significado original, de “conduzir” o individuo para uma etapa mais avançada de seu mundo.

O grande sucesso do Coaching depende exclusivamente de sua capacidade em solucionar problemas e estabelecer metas. Hoje, o Coaching é utilizado por inumeras grandes empresas, as quais podemos citar a Petrobras, Nestlé, O Boticário, HSBC e Banco do Brasil, já utilizam o método entre seus executivos e obtém um alto índice de resultado.

Vejamos os motivos principais que levam uma empresa a apostar no processo de Coaching:

  • Necessidade dos executivos em lidar com constantes mudanças e pressões e de ter um profissional que suporte, encoraje e ajude;
  • Ingresso de terapeutas no mundo corporativo e utilização de suas habilidades;
  • Reconhecimento da atuação dos Coaches na área esportiva;
  • Descoberta do mundo corporativo da necessidade de se fechar o ciclo de aprendizado com o suporte de Coaches

Outro ponto importante para a representação do sucesso do Coaching depende muito do profissional que o aplica, pois o mesmo deve ter uma série de atributos e habilidades:

  • Comunicação
  • Motivação
  • Planejamento
  • Transformação
  • Visão Sistêmica
  • Ética e Caráter

Este artigo, é uma pequena introdução ao mundo do Coaching, e espero que possa esclarecer evetuais dúvidas, e finalizando, deixo como reflexão a minha visão sobre o Coaching:

“O Coaching é um processo que visa, dentro de suas técnicas e ferramentas, definir sua atual posição, e onde você deseja chegar. Com estes dados, conduzir você para o destino desejado”

Abraços e Sucesso Sempre

Vantagem das Mulheres – Inteligência Emocional

Dotados de três tipos de inteligência, a intelectual, a instintiva e a emocional homens e mulheres não diferem apenas fisicamente, mas também no modo como utilizam a última delas. Tema de diversos livros, a inteligência emocional é comprovadamente melhor acessada pelas mulheres, praticamente de forma orgânica.

Pelo fato de a mulher precisar provar a todo instante para a sociedade que tem capacidade não só de conseguir vitórias, mas de ser bem-sucedida na vida, prova que ela tem mais habilidades do que o mero machismo acredita, argumenta João Luiz Cortez, sócio da Iluminatta Business, empresa voltada para a formação de coaches.

De acordo com o especialista, a mulher tem uma conexão sensorial mais aberta para usar a inteligência emocional do que os homens, pois consegue acessar mais facilmente esse centro. Saber lidar e considerar o emocional das pessoas pode abrir diversas possibilidades, mas o contrário, por sinal, pode ser bem limitante, explica. Isso acontece quando ela opera no pico da sua potencialidade.

Cortez frisa que o coaching têm princípio de ajudar a aprender ao invés de ensinar. É uma ferramenta que trabalha com foco no aumento das percepções femininas, podendo despertar ou mesmo incrementar habilidades que antes não se conseguia acessar.

Segundo o especialista, o perfil profissional do mercado está se transformando e ficando mais cor-de-rosa, como pode ser percebido com o crescimento da demanda pelo coaching nas empresas brasileiras.

Atualmente, 50% dos cargos de supervisão estão preenchidos por mulheres, contra 30% há 10 anos, mostra estudo realizado pela Catho. O mesmo levantamento informa que hoje 23% dos cargos de presidência ou equivalentes estão em mãos femininas, contra 15% uma década atrás.

Apesar de 80% a 90% dos coachees serem homens, essa porcentagem vem caindo ano após ano, dado a maior procura do coaching pelas mulheres, afirma. Até mesmo a gigante HP, lembra o sócio da Iluminatta Business, se curvou a esse novo paradigma e já promoveu programas de coaching específicos para suas executivas, abrindo possibilidades destas chegarem aos mais altos cargos na organização.

Fonte: Incorporativa