Arquivo da tag: administração

Modelo 5 – Administração do Tempo

Já falamos muito a respeito da Administração de Tempo em nosso espaço, e hoje, vamos formalizar o 5º modelo de Coaching online, onde o foco principal é aplicar as ferramentas de coaching para uma melhor administração de nosso tempo. Para iniciar este Modelo, cito uma frase muito famosa:

Todas as pessoas possuem as mesmas 24 horas, a diferença entre elas, é o que cada uma faz de suas horas.

Infelizmente não me lembro o autor desta frase, então se alguém souber aceito auxilio pelos comentários. Bem, sem mais delongas, vamos ao processo de hoje.

É importante frisar antes de iniciar este processo, que todo processo de coaching tem como base buscar soluções para a realização de objetivos e metas. Então, antes de iniciarmos, é importante ter um objetivo já bem determinado em mente, que foi o processo aprendido no Modelo 1, desta mesma série de modelos online.

Com o objetivo já em mente, vamos aprender em como organizar nossa agenda, deforma a deixar nossa agenda o mais concreto possível para a realização de nossas metas.

Vamos buscar um exemplo bem simples para este processo: Uma viagem para o Exterior. Meu Objetivo é realizar uma viagem para a Alemanha, onde poderei realizar um curso de aperfeiçoamento em designer industrial, já que lá tem grandes escolas nesta área.

Objetivo: Viajar para a Alemanha para Estudar.

Passo 1: Identifique as ações necessárias para a realização de seu objetivo:

  • Que ações são necessárias para transformar seu sonho em realidade?
  • O que você pode faze e que, se fizer bem feito, fará uma grande diferença para a realização de seu objetivo?
  • Ação 1: Frequentar um curso de alemão
  • Ação 2: Realizar uma pesquisa de mercado para preços de passagens
  • Ação 3: Verificar a necessidade e providenciar Vistos de Estudante

Passo 2: Avaliar as atividades diárias:

  • Como você descreveria sua agenda diária?
  • Descreva sua rotina: (Este é o passo mais importante. Tente descrever sua rotina de forma completa)
  • De segunda a Sexta Feira
  • 7:30 – Acordar
  • 7:40 – Tomar banho e café da manhã
  • 7:50 – Sair para faculdade de Publicidade
  • 8:30 – Chegar na faculdade
  • 12:00 – Sair da faculdade
  • 12:20 – Almoçar
  • 13:00 – Estágio de 4 horas em uma agencia de Publicidade
  • 17:00 – Fim do estágio
  • 17:30 – (Segunda, Quarta e Sexta) – Academia | (Terça e Quinta) Tempo Livre para trabalhos de Faculdade e assuntos pessoais
  • 19:30 – Sair da academia
  • 20:00 – Chegar em casa (banho – jantar)
  • 21:00 – Trabalhos de faculdade
  • 22:00 – Dormir
  • Sábados e Domingos
  • 9:00 – Acordar
  • 10:00 – Cuidar de assuntos pessoais e domésticos
  • 12:00 – Almoçar
  • 13:00 – Trabalhos de faculdade
  • 18:00 – Passeio com amigos
  • Sem horário fixo para dormir

Esta é uma rotina bem comum, sem muitos detalhes. Mas quanto mais você detalhar seus dias, de forma individual, será melhor para a realização deste processo.

Passo 3: Analisar ABCDE

Esta é uma análise de nossas atividades diárias. Abaixo segue a classificação de cada item:

A: Alto Impacto – Grande Importância com consequências altamente positivas para o ponto de vista de nosso objetivo.

  • Quais são suas atividades diárias que lhe trazem grandes resultados para sua vida como um todo? (Principio de Pareto 80/20)

B: Médio Impacto – Possui importância, e se não realizadas trazem poucas consequências.

  • Quais tarefas são importantes ou urgentes, mas possuem pouca influência para a realização de seu objetivo? (Usualmente trazem consequências para outras pessoas).

C: Baixo Impacto – Seria bom, mas com pouca consequência.

  • Quais tarefas não possuem importância, não são urgentes e com poucas consequências imediatas para a realização de seu objetivo?

D: Delegáveis – Quais tarefas você poderia delegar para outras pessoas?

E: Elimináveis – Onde você acha que desperdiça seu tempo?

  • O que você faz em sua vida que lhe trás conforto, mas não tem nenhum impacto na realização de seu objetivo?

Esta é a parte mais demorada do processo, pois vamos esmiuçar nossas atividades e ver o que pode ser produtivo ou não em vista de nosso objetivo.

Vejamos como ficaria nosso exemplo:

  • Faculdade e Estágio: A
  • Trabalhos de Faculdade Terça e Quinta: B
  • Academia: C
  • Assuntos Domésticos: D
  • Trabalhos de Faculdade (Segunda – Quarta – Sexta – Sábado) – E

São exemplos simples, em uma análise mais detalhada, teríamos mais exemplos.

Passo 4: Reorganizar a Agenda:

  • Como você pode se reorganizar para utilizar melhor o seu tempo e atuar em direção do seu sonho/objetivo?

Esta é a pergunta chave deste processo. Reorganizar a agenda de forma a alcançar nossos objetivos. Partindo de nosso exemplo, vamos ver como isso poderia ser feito:

  • Curso de Alemão: Utilizar as noites de Terça e Quinta para me matricular em um curso de alemão intensivo, com até 4 horas de duração diária
  • Preços de Passagens e Pacotes de Viagem: Utilizar tempo livre aos sábados de manhã para fazer as pesquisas necessárias
  • Visto para Alemanha: Utilizar tempo livre no computador para pesquisar sobre a necessidade de visto e como obter o mesmo.

Este processo é muito importante para que possamos chegar aos nossos objetivos. Caso precise de maiores informações, entre em contato pelos comentários para que possamos auxiliá-lo durante a realização do mesmo.

Administração do Tempo – Download

Agradeço a participação e atenção de todos meus leitores, e desejo a todos muito sucesso.

Abraços e Até a Próxima.

Como ter um diploma certificado da FGV?

Passeando pela internet, encontrei na FGV (Fundação Getúlio Vargas), várias opções de cursos on-line, ministrados pela propria FVG, com direito a certificado ao final de cada curso. São diversas opções de cursos, que vão desde cursos rápidos, de 5 horas de carga horária, até cursos com 30 horas, sendo um reforço de grande ajuda em nosso desenvolvimento profissional.

Para testar a funcionalidade do projeto, fiz o curso de Balanced ScoreCard, de duração de 5 horas, e já recebi o meu certificado, que agora já posso implementar em meu curriculo pessoal e profissional. Além deste curso, temos diversos outros, veja algumas opções de cursos listadas abaixo:

  • Cursos de 5 Horas:
    • Conceitos e Princípios Fundamentais do Direito Tributário
    • Consultoria em Investimentos Financeiros – Intermediação Financeira
    • Direito do Trabalho – Contratação do Trabalhador
    • Fundamentos da Gestão de Custos
    • Gestão de Pessoas – Motivação nas Organizações
  • Cursos Acima de 5 horas:
    • Ciência e Tecnologia
    • Diversidade na Organização
    • Ética Empresarial
    • Recursos Humanos
    • Filosofia
    • Sociologia

Estes são apenas alguns exemplos de cursos disponíveis. Para saber sobre mais cursos, clique no logo da FGV abaixo, e acesse diretamente o portal de cursos. O cadastro é rápido, bastando escolher o curso desejado, informar o seu CPF e o seu e-mail, e depois, preencher um pequeno formulário com seus dados pessoais. Após esta rápida burocracia, você tem total acesso ao curso escolhido, montados de uma forma dinâmica e prática, facilitando o aprendizado.

Fundação Getulio Vargas

Outro detalhe interessante dos cursos, é a variedade de informações, através de filmes, gráficos e modelos bem apresentados, junto com um extenso material de apoio, que inclui textos de filósofos, pensadores e profissionais atuantes nos campos de estudo.

Vejam abaixo o meu certificado referente ao curso BSC, oferecido pela Fundação Getúlio Vargas:

Agora não temos mais desculpas para não aperfeiçoarmos o nosso conhecimento. Existem muitos outrs sites como este, podemos citar por exemplo o portal da Intel, que também disponibiliza cursos voltados para TI de forma gratuíta e com certificado ao término de cada modulo. Mais informações vocês podem ver acessando este link: Inatitude – Intel e Cursos Gratuitos.

Por enquanto é isso pessoal, espero que tenham gostado da dica, e desejo bons estudos e sucesso a todos. Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, deixem comentários que todos serão lidos e respondidos.

Homenagem de Natal – Dilbert

Um belissimo papel de parede do Dilbert, de presente para meus amigos e leitores. Para copiar, siga as instruções abaixo:

Dilbert de Natal

Para Usuários do Windows 95, 98 e Me:

  1. Clique na imagem e aguarde a imagem carregar completamente.
  2. Clique com o botão direito na imagem acima.
  3. Um menu de opções irá aparecer. Escolha a opção Definir como papel de parede
  4. Sua imagem selecionada será exibida como seu novo papel de parede.

Para Usuários do Windows XP e 2000:

  1. Clique na imagem e aguarde a imagem carregar completamente.
  2. Clique com o botão direito na imagem acima.
  3. Um menu de opções irá aparecer. Escolha a opção Definir como plano de fundo
  4. Sua imagem selecionada será exibida como seu novo papel de parede.

Dilbert – Estreia de Tirinha

dilbert-2008-11-24

Trabalho de TGA – Tendências da Administração

Vou aproveitar a leva de trabalhos que estamos fazendo atualmente na faculdade, e vou divulgar aqui no blog alguns dos trabalhos apresentados em sala de aula. O Primeiro trabalho é o meu próprio, que juntamente ao meu grupo, levantamos questões sobre Just In Time, Kaizen e a biografia de Shigeo Shingo. Segue abaixo o link para a visualização da apresentação, como também o link para a visualização do trabalho entregue.

Para ilustrar um pouco mais este post, deixo um video que mostra bem o funcionamento do processo de Just in Time:

Link para a Apresentação: Apresentação em Power Point

Link do Trabalho: Apresentação em Word

Administração do Tempo – Coaching Aplicado

Como mencionei em um artigo anterior, estarei neste artigo explanando um pouco mais sobre a aplicação do Coaching em relação à administração do tempo. No artigo anterior, mencionei algumas formas de administrar o tempo criando listas de prioridades, neste artigo, irei detalhar melhor esta ferramenta do Coaching.

O Coaching vê necessária a administração do tempo, quando o individuo não encontra tempo hábil para alcançar seus sonhos ou objetivos. Quando o Coach detecta que o esforço de seu cliente esta batendo numa parede rochosa da falta de tempo, é o momento adequado para direcionar as sessões de coaching de forma que o seu cliente possa descobrir como administrar seu tempo para que ele, em vez de ser um obstáculo intransponível, se torne um aliado poderoso na obtenção de seus objetivos.

Vamos agora entender um pouco como o coaching trabalha com a administração do tempo, de forma mais detalhada.

O primeiro passo, para se realizar um objetivo, seja ele qual for, é determinar quais as ações que são necessárias para se obter a realização do mesmo. É muito importante determinar quais as ações necessárias para transformar um objetivo em algo concreto, realizável, e depende somente do individuo, descobrir o que pode fazer, de forma exemplar, que fará uma grande diferença na realização deste objetivo.

Neste momento, se a falta de tempo for um obstáculo detectado, então o individuo deve seguir alguns passos que o ajudarão a ter total controle sobre sua agenda. Vamos a elas:

Descreva sua rotina diária, sem omitir nenhuma informação. “Tudo o que você faz no dia a dia é importante, deve ser descrito na sua rotina”. Passe pelo menos de dois a três dias fazendo as anotações de tudo o que você faz, desde o momento em que acorda, até o momento em que volta para dormir. Um ponto importante destas anotações é você determinar quanto tempo utiliza para cada atividade, incluindo a hora em que acorda e a hora em que vai dormir.

Nestas anotações, tudo deve ser anotado, ressaltando o grifo acima, anote realmente todas as suas atividades, inclusive o tempo estabelecido para higiene pessoal, cafés e descansos durante o dia, ou seja, construa sua agenda diária detalhadamente.

Após ter sua rotina já delineada, é preciso fazer um balanço geral das suas atividades, e analisar cada atividade de forma a descobrir seu impacto e suas conseqüências, utilizando os seguintes critérios:

  • A – Alto Impacto: Atividades de grande importância com conseqüência altamente positiva. Quais das suas atividades diárias trazem melhores resultados para sua vida como um todo?
  • B – Médio Impacto: Atividades importantes, mas caso não sejam realizadas, não trazem grandes conseqüências. Quais de suas atividades são importantes, mas trazem poucos benefícios para sua vida como um todo?
  • C – Baixo Impacto: Atividades que são boas, mas não possuem nenhuma conseqüência. Quais de minhas atividades não são importantes, não são urgentes, e não possuem nenhuma relação com meu objetivo?
  • D – Delegáveis: Quais de minhas atividades podem ser transferidas para outras pessoas?
  • E – Elimináveis: Quais atividades você vê na sua agenda, onde você esta desperdiçando seu tempo?

A partir desta classificação, é possível começar um processo de reorganizar sua agenda, determinando quais atividades são realmente importantes, e que farão com que você alcance de forma mais rápida os seus objetivos e sonhos.

Este é um dos processos mais utilizados pelos profissionais de coaching para auxiliar ao seu cliente o processo de gestão de seu tempo. Acima temos apenas uma seqüência de ações, todo o trabalho deve ser feito com o acompanhamento de um coach para que você possa alcançar o melhor resultado dentro do que você espera, e aproveitando a deixa, em um próximo artigo, estarei falando um pouco sobre Resultados Esperados.

Juntamente com o artigo anterior sobre administração de tempo, espero que este artigo possa auxiliar e direcionar melhor suas tomadas de decisão.

Desejo uma ótima semana a todos e muito sucesso.

coaching2

Sempre lembrando, que temos um canal aberto para sugestões, dicas, críticas e elogios, bastando para isso utilizar nosso sistema de comentários, ou enviar um e-mail para douglas.coach@gmail.com, que teremos prazer em manter um contato sempre direto com todos.

Gestão de Tempo – Como administrar melhor seu tempo

Muitas pessoas me procuram, com problemas semelhantes em relação à gestão de seu tempo. No momento de definir um objetivo, é muito comum ouvir coisas do tipo:

  • Não consigo fazer o que tenho pra fazer por falta de tempo.
  • Gostaria que o dia tivesse 48 horas.
  • Preciso de mais tempo para realizar meus projetos.
  • Não tenho tempo para meus sonhos.

Essas são as frases mais comuns, de pessoas que não sabem administrar corretamente seu tempo. Um dos fatores mais importantes, para se alcançar um objetivo, é saber priorizar as coisas que são realmente importantes na vida. Mas esta é a tarefa mais difícil para quem sofre deste problema, como priorizar se tudo é importante?
Na realidade, é mais comum do que se imagina, o fato das pessoas acharem que tudo é importante em suas vidas, e que não podem fazer uma classificação válida que as ajude a administrar melhor seu tempo. Estamos falando de situações como: Ver todos os 50 e-mails que chegam por dia em sua caixa de mensagem, mesmo que 90% deles sejam assuntos que poderiam muito bem ser classificados como de baixa prioridade. Perder tempo com distrações diárias, que poderiam ser subtraídas, poupando um maior tempo para ações mais importantes e direcionadas ao objetivo. Prorrogar e protelar decisões que se tomadas no momento adequado, podem poupar muito tempo num futuro próximo, o que não ocorre quando são decididas em cima da hora.
Quando encontramos pessoas deste tipo, o trabalho de Coaching pode se comprometer seriamente, já que a falta de organização da pessoa pode e com certeza vai colocar em risco o desenvolvimento de seu sonho, projeto ou desejo futuro.
Para evitar esta situação, o Coaching possui ferramentas especificas para se trabalhar com organização de tempo, e vamos aqui neste artigo falar um pouco destas ferramentas.
A melhor forma de aprender a administrar seu tempo, é trabalhar com um regime de prioridades. Através de um trabalho de acompanhamento, o individuo e o Coach poderão estabelecer critérios de prioridades para as principais tarefas a serem executadas, e a forma com que estas tarefas irão se integrar ao dia a dia do individuo, tornando assim possível eliminar tarefas que sejam de baixa prioridade, dando mais atenção para as tarefas que realmente farão a diferença na vida do cliente.
Este processo pode se iniciar com critérios simples, como por exemplo, Alta, Média e Baixa Prioridade, sendo estes critérios avaliados da seguinte forma:

  • Alta Prioridade: Tudo que deve ser feito hoje, de forma que possa auxiliar o desenvolvimento de um projeto, e que não pode ser adiado de forma nenhuma.
  • Media Prioridade: Todas as tarefas que podem ser realizadas em um espaço de 48 horas, que não comprometam nenhuma tarefa de alta prioridade.
  • Baixa Prioridade: Tarefas que podem ser deixadas de lado, e que não vão interferir de forma nenhuma na realização do projeto final, ou interfiram em tarefas de Alta e Média prioridade.

Mostrei como exemplo, uma classificação bem simplificada, apenas para ilustrar um pouco sobre o tema proposto neste artigo. Mas ao ser feito um trabalho de Administração de Tempo, com o suporte do Coaching, podemos detalhar muito mais estas tarefas, fazendo uma classificação maior, e interligando uma com as outras, de forma que seja possível um acompanhamento detalhado.
É também importante neste processo, que o cliente esteja comprometido em assumir a responsabilidade sobre a execução das tarefas, na ordem pré-determinada. Como dito em artigo anterior, é este comprometimento que faz com que o Coaching se torne realmente eficaz.
Em um próximo artigo, detalharei com mais precisão sobre esta técnica de administração de tempo, já que este artigo é apenas para alertar que muitas vezes, não conseguimos alcançar e realizar nossos sonhos, já que não podemos aumentar a quantidade de horas de nosso dia, mas sim nos adequar as já conhecidas 24 horas.

Espero ter ajudado com este novo artigo, e caso queiram mais informações, consulte nossos outros artigos relacionados: Ladrões de Tempo: Parte 1 e Parte 2

Tenham um bom final de semana, e sucesso a todos.

coaching2

Coach e Consultor de Carreira – Portal dos Administradores

Esta matéria saiu no Portal dos Administradores, e coloco ela aqui a disposição de meus visitantes:

Por Luana Cristina de Lima Magalhães – InfoMoneyA-A+
O trabalho de um consultor de carreiras vai além do aconselhamento profissional. Você sabe quais são as funções desse “anjo da guarda”?
“Os principais atributos de um consultor de carreira são orientar e ajudar outras pessoas a se desenvolverem profissionalmente, seja na melhora de performance ou no treinamento de novas competências; reduzir as situações de estresse comuns no ambiente de trabalho; e rever o direcionamento da carreira”, ressalta a especialista em gestão de carreiras do IDORT-SP, Elisabete Alves.
Formação acadêmica
A consultora ressalta ainda que a formação acadêmica não interfere muito no trabalho de um consultor. Esse profissional pode ser um economista, um engenheiro, um administrador etc. Entretanto, o que faz a diferença é a experiência.
“Geralmente, os consultores de carreiras reconhecidos no mercado possuem vivência ou têm uma boa bagagem de liderança. Além disso, esses profissionais fazem diversos cursos técnicos de coaching para aperfeiçoar formas de abordagem, por exemplo”.
Sobre a área de atuação, Elisabete destaca que, por ser uma profissão relativamente nova no País, há muito campo de trabalho. Sendo assim, os consultores de carreiras podem atuar em consultorias, ter uma própria consultoria ou trabalhar internamente em empresas.
De acordo com Elisabete, a hora de trabalho de um consultor de carreiras pode variar de R$ 400 a R$ 2 mil.
Coach x Consultor de Carreira
Muitas vezes, as pessoas confundem um coach com um consultor de carreiras. Segundo Elisabete, um coach é um profissional treinado para desenvolver competências em profissionais e, por isso, eles possuem uma formação mais técnica.
De acordo com o diretor da SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching), Sulivan França, um coach em início de carreira recebe em média cerca de R$ 150 a R$ 200 por cada sessão de uma hora e meia. “Se ele atender um cliente por dia, trabalhando 20 dias por mês, terá uma renda de R$ 3 mil a R$ 4 mil”.
Para o coach experiente, o valor da sessão de trabalho é mais elevado ainda. “Essa sessão pode atingir até R$ 1,2 mil”. Por tudo isso, não há como negar que se trata de uma grande opção de carreira. “Tanto que alguns profissionais procuram o coaching para adquirir mais uma formação e, em muitos casos, esta acaba sendo sua nova profissão e fonte de renda”, finaliza França.
Por fim, o consultor de carreiras não desenvolve competências, mas orienta as pessoas, ajudando-as a guiar suas carreiras, apontando oportunidades e auxiliando na recolocação.
Por Luana Cristina de Lima Magalhães - InfoMoneyA-A+

O trabalho de um consultor de carreiras vai além do aconselhamento profissional. Você sabe quais são as funções desse “anjo da guarda”?

“Os principais atributos de um consultor de carreira são orientar e ajudar outras pessoas a se desenvolverem profissionalmente, seja na melhora de performance ou no treinamento de novas competências; reduzir as situações de estresse comuns no ambiente de trabalho; e rever o direcionamento da carreira”, ressalta a especialista em gestão de carreiras do IDORT-SP, Elisabete Alves.

Formação acadêmica

A consultora ressalta ainda que a formação acadêmica não interfere muito no trabalho de um consultor. Esse profissional pode ser um economista, um engenheiro, um administrador etc. Entretanto, o que faz a diferença é a experiência.

“Geralmente, os consultores de carreiras reconhecidos no mercado possuem vivência ou têm uma boa bagagem de liderança. Além disso, esses profissionais fazem diversos cursos técnicos de coaching para aperfeiçoar formas de abordagem, por exemplo”.

Sobre a área de atuação, Elisabete destaca que, por ser uma profissão relativamente nova no País, há muito campo de trabalho. Sendo assim, os consultores de carreiras podem atuar em consultorias, ter uma própria consultoria ou trabalhar internamente em empresas.

De acordo com Elisabete, a hora de trabalho de um consultor de carreiras pode variar de R$ 400 a R$ 2 mil.

Coach x Consultor de Carreira

Muitas vezes, as pessoas confundem um coach com um consultor de carreiras. Segundo Elisabete, um coach é um profissional treinado para desenvolver competências em profissionais e, por isso, eles possuem uma formação mais técnica.

De acordo com o diretor da SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching), Sulivan França, um coach em início de carreira recebe em média cerca de R$ 150 a R$ 200 por cada sessão de uma hora e meia. “Se ele atender um cliente por dia, trabalhando 20 dias por mês, terá uma renda de R$ 3 mil a R$ 4 mil”.

Para o coach experiente, o valor da sessão de trabalho é mais elevado ainda. “Essa sessão pode atingir até R$ 1,2 mil”. Por tudo isso, não há como negar que se trata de uma grande opção de carreira. “Tanto que alguns profissionais procuram o coaching para adquirir mais uma formação e, em muitos casos, esta acaba sendo sua nova profissão e fonte de renda”, finaliza França.

Por fim, o consultor de carreiras não desenvolve competências, mas orienta as pessoas, ajudando-as a guiar suas carreiras, apontando oportunidades e auxiliando na recolocação.