Arquivo da tag: ano novo

Promoção de Janeiro – (#coach – #coaching – #sucesso – #2012)

Anúncios

#Planejamento de Ano Novo – Como realizar seus objetivos (#coaching #objetivos)

Esta é a tão temida época do ano em que fazemos um levantamento de tudo o que planejamos no ano anterior, e vemos que não conseguimos realizar nem mesmo 10% do que foi planejado. Nesta análise, você se pergunta: O que deu de errado? Onde eu falhei desta vez?

Este artigo, é exatamente para evitar que esta sensação de fracasso não aconteça novamente. Vamos analisar como elaborar um planejamento eficiente, e tornar nossos objetivos realizáveis.

Um grande fator que leva ao fracasso, é planejar muitas coisas sem realmente se ater ao fato de que teremos apenas 1 ano para realiza-las. Então este é o primeiro ponto que iremos tratar neste artigo.

O Ano possui 12 meses e 54 semanas. Como me planejar para este período?

Um bom planejamento anual, começa definindo nossos objetivos. Caso você seja uma pessoa que não teve muito sucesso no passado na realização de seus objetivos, uma das alternativas é que você pode ter planejado muitos objetivos sem se preocupar se teria um tempo hábil para realiza-los. Para isto, vamos iniciar nosso planejamento escolhendo 4 grandes objetivos para o próximo ano. Desta forma, teremos 3 meses para focar nossas forças em um único objetivo, tendo assim uma chance maior para realiza-los. Para um artigo didático, vou exemplificar com meus objetivos pessoais e profissionais:

  • 1º Objetivo: Obter 4 novos clientes de Coaching por mês
  • 2º Objetivo: Realizar 1 novo seminário por mês
  • 3º Objetivo: Publicar 3 novos artigos por semana
  • 4º Objetivo: Comprar uma televisão nova

Defini desta forma meus 4 objetivos para o próximo ano. Agora, vou especificar melhor cada um dos objetivos, colocando-os em uma ordem de realização:

1º Objetivo: Publicar 3 novos artigos por semana – Categoria Profissional (Primeiro Trimestre)

 – Este objetivo esta diretamente relacionado com a realização dos próximos objetivos, ajudando na divulgação do coaching e aprimorando meu conhecimento e preparação para a próxima fase.

2º Objetivo: Realizar 1 novo seminário por mês – Categoria Profissional (Segundo Trimestre)

 – Com o objetivo anterior, este trará novos parceiros de trabalho e consequentemente novos clientes

3º Objetivo: Obter 4 novos clientes de Coaching por mês – Categoria Profissional(Terceiro Trimestre)

 – Neste objeto estarei realizando uma nova etapa em meu ano, tendo assim condições de concluir também o ultimo objetivo

4º Objetivo: Comprar uma televisão nova – Objetivo Pessoal (Quarto Trimestre)

 – Deixei este objetivo para o final pois será como um prêmio por ter obtido sucesso na realização dos objetivos anteriores.

Desta forma, estabelecemos um calendário para nosso próximo ano. O passo seguinte será estabelecer os passos necessários para a realização de cada objetivo. Para continuar nosso processo didático, vou dar o exemplo a partir do primeiro objetivo. Estes passos devem ser seguidos com os demais objetivos:

1 Trimestre com 12 semanas. O que devo fazer? E como?

Objetivo: Publicar 3 novos artigos por semana

  • 1º Passo: Estabelecer um calendário de publicação e fixar este calendário em um lugar visível e de fácil acesso;
  • 2º Passo: Pesquisar e aprimorar meus conhecimento para a publicação de artigos de interesse ao meu público alvo;
  • 3º Passo: Me dedicar pelo menos 1 hora por dia, na preparação, edição e revisão dos artigos;
  • 4º Passo: Manter este processo nos demais trimestres do ano.

Meta Final: Ter ao final do ano de 2012 um total de 162 artigos publicados.

Este processo deve ser feito da mesma forma com os demais objetivos. Não vou descrever todos aqui pois tornaria uma leitura longa e cansativa, mas caso você tenha alguma dúvida, pode entrar em contato com nossa equipe que teremos prazer em lhe ajudar.

Definir seus objetivos para o próximo ano, é uma ação que você deve tomar e principalmente se comprometer a realizar. Da forma como foi mostrado, você consegue planejar realmente o que deseja conquistar, e terá um bom tempo para se dedicar e trabalhar cada um dos objetivos, tornando sua realização algo possivel dentro de seus limites.

Espero que este artigo possa trazer uma pequena luz no fim deste ano, e desejo que você tenha um bom planejamento de seu próximo ano.

Abraços, Sucesso e Até Breve

Douglas Ferreira
Personal & Professional Coaching

Promessas de Ano Novo – E agora? O que fazer?

Voltando novamente a este assunto, muito comum nas passagens de ano, vou descrever um conhecido método para a realização das promessas de Fim de Ano.

Já falamos em artigos anteriores sobre estas promessas, e sempre que um ano termina, e outro se inicia, fazemos nossas reflexões interiores, e decidimos, para nós mesmos, realizar grandes mudanças no novo ano que se inicia. mas nem sempre isso ocorre realmente, e as promessas se perdem antes mesmo da chegada do Carnaval.

A maior dificuldade enfrentada em realizar nossas promessas de fim de ano, e nossa própria falta de motivação e entusiasmo, aliada a rotina do dia a dia, que volta em pouco tempo, após os dias festivos.

Para que isso não aconteça, precisamos antes de tudo, focar nossa atenção em mudanças especificas, e não dispersar nossa energia em dezenas de mudanças aleatórias. Precisamos também, ao focar nossa mudança, criar um novo hábito em nossa vida. Muitas pessoas querem que tudo aconteça de uma hora para outra, mas não é assim que funciona. Se queremos eliminar um hábito ruim, devemos substituir por um hábito novo e mais saudável. Para isso, existe um método muito eficaz para criarmos novos hábitos saudáveis em nossa vida, auxiliando assim o processo de mudança que nos propomos ao final de cada ano.

Método dos Seis Passos

Este método, como seu próprio nome já indica, consiste em 6 passos, para que você consiga realizar 6 grandes mudanças no período de 1 ano.

Antes de mais nada, você precisa escolher 6 hábitos, vícios ou coisas que deseja mudar neste próximo ano. Coloque estes seis elementos em uma ordem de importância, do mais importante para o menos importante. Não se preocupe com a dificuldade, mas tenha em mente esta lista deverá ser mantida até o final do programa.

Com a lista pronta, vamos iniciar o processo:

  1. Peque o primeiro item da sua lista, será a primeira mudança que iremos realizar em nossa vida.
  2. Assuma publicamente esta sua decisão. Avise seus amigos e familiares que tem um prazo de 2 meses para mudar este hábito, ou realizar esta mudança em sua rotina. – Neste caso, é importante contarmos com a ajuda da “publicidade” para que tenhamos coragem de continuar com o processo até o final. Se mantivermos a decisão somente para nós, é muito fácil de desistir antes de conseguirmos.
  3. Detalhar a sua nova rotina em 8 passos, sendo do mais fácil para o mais difícil. Cada um desses passos deverá ser feito por uma semana. Vamos tomar como exemplo, que você deseje adquirir um novo hábito em sua vida, de ler mais livros. os oito passos poderiam ser definidos da seguinte forma:
      • 1° Semana: Escolher um livro para a leitura, escolher um local onde possa se concentrar e reservar 15 minutos por dia para se dedicar a leitura deste livro. Procure sempre estabelecer um horário para seu novo hábito.
      • 2ª até 8ª Semana: Aumentar o tempo de leitura em 5 minutos a cada nova semana. Desta forma, quando chegar na 8ª semana, você estará lendo por cerca de 50 minutos por dia, o que é um tempo adequado de leitura.
  4. Defina um “Gatilho” para executar sua nova rotina. Este gatilho deve ser algo com o que você já esteja acostumado a fazer, como por exemplo, após assistir ao jornal quando chega do trabalho, após o banho, antes de dormir, entre muitas outras opções.
  5. De o seu primeiro passo, durante uma semana, sempre após o gatilho determinado no passo anterior. Comente sobre o seu progresso junto aos seus amigos e familiares, o apoio deles será de grande ajuda nesta etapa do processo.
  6. Semana após semana, vá progredindo para passos mais difíceis. Mesmo que sinta a vontade de avançar mais depressa, não o faça. Lembre-se que você esta criando uma nova rotina em sua vida.. Repita esta tarefa até chegar às 8 semanas.

Após estes dois meses, seu novo hábito já esta incorporado a sua rotina, e desta forma, você pode passar para o segundo item de sua lista, e realizar as mudanças que determinou para si mesmo no inicio do ano.

Que tal começarmos hoje mesmo a realizar nossas promessas de fim de ano? Um passo de cada vez? Tenha plena certeza que você pode realizar qualquer desejo seu, e que basta dar o primeiro passo, e acreditar que pode chegar ao final.

Aproveite nosso blog para deixar seus comentários, sugestões, criticas e experiências a respeito deste processo.

Sucesso para Todos…

Como Fazer – Desafiando sua Zona de Conforto

Começo de Ano, já estamos em 2010, e o tempo não para. Uma pessoa que deseja alcançar o seu sucesso pessoal e profissional sabe muito bem disso. Então, para começarmos o ano com uma carga nova de energia, e realizar nossas mudanças, vamos juntos iniciar uma série de exercícios para aprimorar nossa percepção, e desafiar a tão famigerada indesejada “zona de conforto”

Já falamos aqui sobre a zona de conforto, como pode ser visto neste artigo, e agora, vamos aprender algumas técnicas que desafiam o nosso conforto. Todas as segundas feiras, estarei colocando aqui no blog, um novo exercício para desafiar a nossa zona de conforto. Serão sempre exercícios simples, que qualquer pessoa com um pouco mais de empenho pessoal pode realizar sem a menor dificuldade, pois não necessita de nenhum aparato externo, apenas a sua própria vontade em mudar a sua forma de viver, aproveitando melhor os momentos, e fazendo a diferença entre as pessoas a sua volta.

No começo, os exercícios podem parecer tolos e sem sentido, mas se você deseja realmente encontrar um novo rumo para seguir em sua vida, aconselho que leve a serio, por mais insignificante que possa parecer.

Este primeiro exercício, é um dos que você pode achar irrelevante, ou insignificante, mas é uma poderosa ferramenta de negociação, inspiração e domínio de ambiente. A duração deste exercício deve ser de no mínimo 2 dias:

Encarando as Pessoas nos Olhos (2 dias)

Pelos próximos dois dias, pratique olhar nos olhos das pessoas, sejam elas pessoas próximas a você, de seu convívio pessoal e social, ou até mesmo de pessoas estranhas a você. Não se preocupe em piscar, é algo natural, mas se preocupe sempre em focar os olhos de quem esta interagindo com você. Este exercício se torna extremamente difícil, quando estamos interagindo com alguém, como por exemplo em uma conversa, pois tendemos a olhar para a boca de nosso interlocutor quando ele fala, e olhar para todos os lados quando nós falamos. Isso mostra um despreparo de nossa conversa, e faz com que passemos por despercebidos na maioria das vezes.

Quando, em uma conversa, focalizamos o olhar de nosso interlocutor, é como se marcássemos nossa presença ali, naquele momento, desta forma, impondo nossas opiniões para que sejam aceitas e analisadas (veja aqui uma matéria sobre este assunto no estadão.com).

A seguir, algumas dicas para praticar este primeiro exercício:

  1. Focalize um dos olhos do interlocutor e não deixe de piscar, para não passar por um psicopata insano;
  2. Durante uma conversa, mantenha sempre o contato “olho no olho” quando você fala e quando você escuta. É uma tarefa bem dificil, mas com o tempo você se acostuma e começa a agir naturalmente;
  3. Pratique sempre com pessoas maiores ou mais confiantes que você. (Seu chefe, Sócios, Investidores, Gerentes de seu Banco, Pais, etc…)
  4. Se você fizer isso na rua, com pessoas desconhecidas, pode acabar passando por situações constrangedoras, como por exemplo um desconhecido lhe interrogar do porque olha tanto. Para estas situações, use sempre o bom senso, de um sorriso e diga: “– Desculpe-me, achei que você fosse um velho amigo meu.” Despesa-se e vá embora.

Com estas dicas, fica mais fácil você começar a desafiar a sua zona de conforto. Agora só falta mesmo começar a praticar. O que você esta esperando???

Espero que este artigo tenha sido de agrado de todos, e até segunda feira que vem, com um novo artigo sobre como desafiar sua zona de conforto. Qualquer dúvida, comentário, critica ou sugestão, estejam sempre a vontade para utilizar nosso espaço de comentários, ou envie um e-mail para douglas.coach@gmail.com.

Abraços e Sucesso Sempre…

O Sol das Almas

É pelo amor, sol das almas, que Deus mais eficazmente atua no mundo.

Você já notou como um belo dia de sol consegue nos fazer bem? A temperatura pode estar baixa, mostrando os prenúncios do inverno, mas mesmo assim o brilho intenso da estrela solar consegue nos trazer ânimo e esperança.

Algum poeta apaixonado poderia dizer que os raios solares são como um abraço do Criador, fazendo-nos acreditar que estamos seguros, que estamos protegidos.

Mas é através de um outro sol, um sol interior, que o pai mostra-se mais presente em nossas vidas: o amor.

O amor encontrado no coração do homem, manifestado em seus pensamentos e ações; o amor “condição indispensável” para que tudo na vida faça sentido, e tenha valor.

Paulo de Tarso, em sua carta ao povo da cidade de Corinto, afirmava que se não houvesse amor em suas ações, elas não teriam validade, e que se não existisse amor em sua alma, ela nada seria.

O apóstolo ainda trazia a aplicação prática deste ensino, dizendo que “o amor é paciente”, mostrando-nos a virtude da paciência, esta disposição íntima que nos faz esperar com calma, que nos auxilia a evitar a precipitação, que não é passiva, mas é atuante e dinâmica.

“O amor é benigno”, isto é, ele deve irradiar de nossa casa interior, para iluminar outros lares através da caridade, da intenção de fazer feliz aqueles que estão ao nosso redor.

“O amor não arde em ciúmes”, não guarda o sentimento de posse sobre ninguém, pois sabe que não possuímos as pessoas, e que se as amamos, devemos libertá-las.

“O amor não se orgulha, nem se ensoberbece”, é humilde, e faz com que saibamos o nosso devido lugar, conhecendo nossas imperfeições e reconhecendo as dificuldades do próximo, e jamais nos proclamando melhores que alguém.

“O amor não se conduz inconvenientemente”, é delicado, sensível, e se expressa nas pequenas coisas, nas pequenas ações, que são invisíveis aos olhos do mundo, mas que para Deus demonstram nosso interesse e preocupação com as outras pessoas.

“O amor não procura seus interesses”, é espontâneo, não age visando a vantagem, a recompensa. Ele simplesmente ama, se doa, sem exigir retorno.

“O amor não se exaspera”, é tolerante, compreensivo, e sabe que necessitamos compreender as dificuldades alheias, pois todos, sem exceção, ainda as temos.

“O amor não se ressente do mal”, perdoa. Não permite que o veneno do ressentimento prejudique nossa saúde física e espiritual.

E, finalmente, Paulo nos ensina que “o amor não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade”, mostrando-nos que devemos ser defensores da verdade, da sinceridade, mas não desta sinceridade dura que atira as verdades no rosto dos outros – deixando assim de ser virtude.

A verdade deve ser revelada com psicologia, com cautela, visando construir, e não destruir o semelhante.

***

O amor decompõe-se em muitas cores, em muitas virtudes.

É este sol das almas que buscamos, cada um de uma forma, cada um a seu tempo. Sempre amparados pelo Astro de primeira grandeza que é Jesus, que veio a Terra e permaneceu nestes ares para nos mostrar os caminhos que nos conduzirão ao Criador.

Poesia – Ano que Vem…

No ano que vem
vou fazer um check-up,
reformar os meus ternos,
vou trocar os meus móveis
viajar no inverno.
Como convém.

No ano que vem
vou tratar dos meus dentes,
vou limpar o porão
procurar novo emprego
e trocar o meu carro
e largar o cigarro.
Como convém.

E vou me converter
no ano que vem
registrar a escritura,
vou pagar a promessa
e andar mais depressa
e fazer um regime
neste ano que vem.
Como convém.

No ano que vem
vou pagar minhas dívidas,
apagar minhas dúvidas,
viajar para a França,
estudar esperanto
e escrever pra você.
Como convém.

Se não der, no entanto,
neste ano que vem,
vou deixar de cobrança
do que fiz ou não fiz.
Neste ano que vem,
quero, como convém,
ser, apenas, feliz.

(Sérgio Antunes, poeta e escritor: http://www.sergioantunes.art.br)

2010 – O Ano em que faremos contato…

Retrospectivas de 2009

O ano está quase no fim, com certeza vivemos muitas oportunidades de mudar nosso destino, e na grande maioria das vezes, ficamos apenas nas oportunidades, não transformamos isso em realidade.

É muito comum nesta fase do ano, pararmos um pouco para refletir sobre nossas atitudes, sobre nossas ações que tomamos para mudar nossas vidas. Esta reflexão, muitas vezes nos leva ao desanimo, nos leva a desmotivação, por perceber que poderíamos ter feito muitas coisas diferentes, mas que na verdade ficamos parados no mesmo lugar, sem conseguir dar um passo em direção aos nossos sonhos.

Porque é tão difícil dar este primeiro passo? Porque ficamos estagnados em uma situação que sabemos não levar a lugar nenhum? O que falta para que possamos encontrar o caminho ideal, para alcançar nossos sonhos, nossas realizações de vida?

Uma unica palavra é capaz de reverter toda esta situação, não de forma imediata, mas através de um intenso trabalho interior, capaz de mover montanhas.

Já é clássica a frase bíblica, que a “Fé pode mover Montanhas“, e é exatamente disso que estamos falando neste momento. Apenas se lamentar, não vai fazer com que o tempo retorne e que tenhamos a chance de refazer nossos passos. É preciso acreditar em nosso potencial, é preciso ter fé que podemos mais e mais, mesmo quando tudo diz o contrário. Mas aliada com a fé, precisamos também, e não sendo o menos importante, de Ação, de Atitude para fazer com que tudo aconteça a nossa volta.

2010 – O Ano em que faremos contato…

Estamos chegando em uma nova fase de nossa vida, um ano de mudanças, um ano de realizações, e só uma pessoa pode fazer com que este ano se torne real, e esta pessoa é você mesmo.

Este é o ano que determinamos para realizar nossos sonhos e nossas fantasias, por mais absurdas que elas possam parecer. É o ano que faremos contato com nosso interior, com nossa criança interior, aquela criança que não tinha medo de subir numa arvore, quando muitos diziam ser impossível, que não temia descobrir o desconhecido, entrar em grutas e correr sobre a grama, numa tarde de chuva. Falar da criança interior é um assunto que bem merece um novo artigo, que logo mais o farei.

O que fizemos de nossas vidas, nestes anos em que envelhecemos? E nossos sonhos, nossos desejos, nossas vontades? Foram tomadas por preocupações (pré-ocupação: se ocupar previamente com algo que ainda não aconteceu), tomadas por sentimentos mesquinhos e individualistas. Nos tornamos adultos, e como adultos, deixamos de sonhar, deixamos de acreditar, de ter fé.

2010 é o ano em que devemos resgatar nossas verdades, nossas virtudes esquecidas, e desta forma, resgatar a magia que tínhamos a alguns anos, a magia de querer, e realizar.

É possível ter um ano de realizações, é possível recuperarmos todo o tempo perdido, para que no final deste ano que se aproxima, possamos também parar para refletir, mas agora, refletir sobre tudo o que conseguimos obter, sobre nossas vitórias, e planejar, para os próximos anos, mais vitórias em nossa vida.

Que todos nós possamos ter boas lembranças deste, e de muitos outros anos que virão. E não apenas boas lembranças, mas também melhores perspectivas de futuro, para que possamos ter orgulho do que somos.

Complementem este artigo com seus comentários, sugestões, criticas, ou o que mais desejar. Sua participação é sempre muito agradável.

Sucesso a todos…