Arquivo da tag: pratica

Você é um bom Comunicador?

Fazendo pequenas adaptações de como você se comunica irá aumentar a sua eficácia de comunicação. Faça as perguntas a seguir a si mesmo, para descobrir o quão efetivo você é como um comunicador.

  1. Você faz contato com os olhos?
  2. Você assiste a postura do corpo da pessoa e expressões faciais?
  3. Você cria empatia e tentar compreender os sentimentos, pensamentos e ações do outro?
  4. Você mantem-se de interromper e deixar a pessoa terminar seu pensamento, mesmo que você já saiba o que a pessoa quer dizer?
  5. Você faz perguntas para esclarecer as informações?
  6. Você sorri e acena com a cabeça para mostrar interesse?
  7. Como você se comporta, quando você não gosta da pessoa que está falando ou o que alguém está dizendo?
  8. Você ignora distrações ao redor?
  9. Você escuta e lembre-se de pontos importantes?
  10. Você mantem-se de julgar o que foi dito – você permanece neutro?

Pegue qualquer uma dessas questões e criar uma etapa da ação. Por exemplo, passar uma semana ignorando distrações externas quando você falar ou ouvir e ver que tipos de resultados que pode gerar.

Na semana seguinte, tente fazer perguntas de interesse em todas as conversas que você tem. Observe quanto melhor você se sente depois de uma conversa. Você também vai sentir como se você tivesse uma conexão com a outra pessoa. Você pode até aprender algo de novo!

Seguindo estes exemplos, faça suas proprias etapas de ações, e veja como você pode melhorar sua forma de se comunicar.

“Saber a melhor forma de se comunicar é a diferença entre o sucesso e o fracasso.”

Como Fazer – Desafiando sua Zona de Conforto

Começo de Ano, já estamos em 2010, e o tempo não para. Uma pessoa que deseja alcançar o seu sucesso pessoal e profissional sabe muito bem disso. Então, para começarmos o ano com uma carga nova de energia, e realizar nossas mudanças, vamos juntos iniciar uma série de exercícios para aprimorar nossa percepção, e desafiar a tão famigerada indesejada “zona de conforto”

Já falamos aqui sobre a zona de conforto, como pode ser visto neste artigo, e agora, vamos aprender algumas técnicas que desafiam o nosso conforto. Todas as segundas feiras, estarei colocando aqui no blog, um novo exercício para desafiar a nossa zona de conforto. Serão sempre exercícios simples, que qualquer pessoa com um pouco mais de empenho pessoal pode realizar sem a menor dificuldade, pois não necessita de nenhum aparato externo, apenas a sua própria vontade em mudar a sua forma de viver, aproveitando melhor os momentos, e fazendo a diferença entre as pessoas a sua volta.

No começo, os exercícios podem parecer tolos e sem sentido, mas se você deseja realmente encontrar um novo rumo para seguir em sua vida, aconselho que leve a serio, por mais insignificante que possa parecer.

Este primeiro exercício, é um dos que você pode achar irrelevante, ou insignificante, mas é uma poderosa ferramenta de negociação, inspiração e domínio de ambiente. A duração deste exercício deve ser de no mínimo 2 dias:

Encarando as Pessoas nos Olhos (2 dias)

Pelos próximos dois dias, pratique olhar nos olhos das pessoas, sejam elas pessoas próximas a você, de seu convívio pessoal e social, ou até mesmo de pessoas estranhas a você. Não se preocupe em piscar, é algo natural, mas se preocupe sempre em focar os olhos de quem esta interagindo com você. Este exercício se torna extremamente difícil, quando estamos interagindo com alguém, como por exemplo em uma conversa, pois tendemos a olhar para a boca de nosso interlocutor quando ele fala, e olhar para todos os lados quando nós falamos. Isso mostra um despreparo de nossa conversa, e faz com que passemos por despercebidos na maioria das vezes.

Quando, em uma conversa, focalizamos o olhar de nosso interlocutor, é como se marcássemos nossa presença ali, naquele momento, desta forma, impondo nossas opiniões para que sejam aceitas e analisadas (veja aqui uma matéria sobre este assunto no estadão.com).

A seguir, algumas dicas para praticar este primeiro exercício:

  1. Focalize um dos olhos do interlocutor e não deixe de piscar, para não passar por um psicopata insano;
  2. Durante uma conversa, mantenha sempre o contato “olho no olho” quando você fala e quando você escuta. É uma tarefa bem dificil, mas com o tempo você se acostuma e começa a agir naturalmente;
  3. Pratique sempre com pessoas maiores ou mais confiantes que você. (Seu chefe, Sócios, Investidores, Gerentes de seu Banco, Pais, etc…)
  4. Se você fizer isso na rua, com pessoas desconhecidas, pode acabar passando por situações constrangedoras, como por exemplo um desconhecido lhe interrogar do porque olha tanto. Para estas situações, use sempre o bom senso, de um sorriso e diga: “– Desculpe-me, achei que você fosse um velho amigo meu.” Despesa-se e vá embora.

Com estas dicas, fica mais fácil você começar a desafiar a sua zona de conforto. Agora só falta mesmo começar a praticar. O que você esta esperando???

Espero que este artigo tenha sido de agrado de todos, e até segunda feira que vem, com um novo artigo sobre como desafiar sua zona de conforto. Qualquer dúvida, comentário, critica ou sugestão, estejam sempre a vontade para utilizar nosso espaço de comentários, ou envie um e-mail para douglas.coach@gmail.com.

Abraços e Sucesso Sempre…