Arquivo da tag: são paulo

[Palestra Interativa] – Conquistando Sonhos

Anúncios

Palestra – Formulação de Objetivos

Você têm um Objetivo? Um Sonho? Um desejo de alcançar o sucesso? Esta palestra tem como intuíto desmistificar o fato de que sonhos são impossiveis. Não existe um objetivo, sonho ou desejo que seja impossivel, o que existe realmente são objetivos mal formulados, que se perdem durante o caminho, pela falta de estrutura e metas realizaveis.

Através desta palestra, descobrimos ferramentas capazes de realizar seus sonhos e objetivos, de forma estruturada e segura. Aprenda como formatar seu objetivo através da ferramenta CRIE-PE, e como validar seu objetivo através das “Metas Smart”. Veja abaixo a apresnetação utilizada na palestra:

Além de todo o conhecimento adquirido durante a palestra, ela também é interativa, ou seja, os participantes estarão tendo a oportunidade de aprender passoa apasso a desenvolver seus objetivos dentro das ferramentas.

  • Tema: Formulação Prática de Objetivos
  • Palestrante: Douglas Ferreira
  • Duração: 45 minutos a 1:30 hora.
  • Valor: O valor mínimo para a apresentação desta palestra é de R$ 50,00 para um grupo de 30 pessoas. De acordo com o local (outras cidades) o custo pode variar devido ao transporte e outros gastos. Consulte valores para grupos superiores a 30 pessoas.

Para agendar esta palestra em sua empresa, ou instituição de ensino, entre em contato pelo nosso formulário que teremos o maior prazer em responde-lo o quanto antes.

Abraços e Sucesso Sempre

Um Pouco mais sobre o Coaching (Projeto de Palestra)

Disponibilizo neste espaço a apresentação utilizadas nas palestras de divulgação e educação sobre Coaching.

A palestra tem duração de 45 minutos a 1 hora, e fala sobre o Coaching em geral. Destaque para as formas de trabalho, como também os beneficios que o Coaching promove na vida pessoal e profissional do individuo.

  • Tema: O que é Coaching?
  • Palestrante: Douglas Ferreira
  • Duração: 45 minutos a 1 hora
  • Valor: O valor mínimo para a apresentação desta palestra é de R$ 50,00 para um grupo de 30 pessoas. De acordo com o local (outras cidades) o custo pode variar devido ao transporte e outros gastos. Consulte valores para grupos superiores a 30 pessoas.

Para agendar esta palestra em sua empresa, ou instituição de ensino, entre em contato pelo nosso formulário que teremos o maior prazer em responde-lo o quanto antes.

Abraços e Sucesso Sempre

15 frases para fazer com que você tenha um dia feliz!

  • Pelo menos 5 pessoas no mundo te amam tanto que poderiam até morrer por você.
  • Pelo menos 15 pessoas no mundo te amam de alguma forma.
  • A razão que faria alguém te odiar seria a vontade que ela tem de ser como você.
  • Um sorriso seu pode trazer felicidade a alguém, mesmo que esta pessoa não goste de você.
  • Todas as noites alguém pensa em você antes de dormir.
  • Você é o mundo de alguém.
  • Sem você alguém pode não conseguir sobreviver.
  • Alguém cuja existência você desconhece, te ama.
  • Você é especial e único(a) de alguma forma.
  • Mesmo quando você faz a maior burrice de sua vida, algo de bom acontece.
  • Quando você pensa que o mundo virou as costas para você, pense bem: você pode ter virado as costas para o mundo.
  • Quando você acha que não tem a menor chance de conseguir algo provavelmente você não conseguirá. Mas, se você acreditar em si mesmo(a), cedo ou tarde você conseguirá.
  • Sempre se lembre dos elogios feitos a você, nunca das palavras rudes.
  • Sempre diga às pessoas o que você sente sobre elas. Você se sentirá bem melhor.
  • Se você tem um grande amigo, faça com que ele saiba disso.

Dica de Livro – Life Coaching

Este é um livro que se torna primordial para o individuo que deseja alcançar suas metas e objetivos:

Fernão Capelo Gaivota

Uma gaivota de nome Fernão decide que voar não deve ser apenas uma forma para a ave se movimentar. A história desenrola-se sobre o fascínio de Fernão pelas acrobacias que pode modificar e em como isso transtorna o grupo de gaivotas do seu clã. É uma história sobre liberdade, aprendizagem e amor.

A primeira parte do livro mostra o jovem Fernão Capelo Gaivota frustrado com o materialismo e o significado da conformidade e da limitação da vida de gaivota. Ele é tomado pela paixão pelos vôos de todos os tipos, e sua alma decola como os seus experimentos e emocionantes triunfos de ousadia e feitos aéreos. Eventualmente, a sua falta de conformismo à limitada vida de gaivota leva-o a entrar em conflito com o seu bando, e os virar contra ele. Ele torna-se um maldito. Não por isso, Fernão continua seus esforços para atingir objetivos e vôos mais altos, muitas vezes bem sucedidos, mas eventualmente sem conseguir tanto quanto desejaria. Ele é, em seguida, encontrado por duas radiantes gaivotas que explicam-lhe que ele já aprendeu muito, e que agora elas estão lá para ensinar-lhe mais. Ele então passa a segui-las.

Na segunda parte, Fernão transcende a uma outra sociedade onde todas as gaivotas desfrutam da paixão pelo vôo. Ele só é capaz de praticar essa habilidade após duras horas de muito treino de vôo. Nesta outra sociedade, o respeito real surge em contradição com a força coercitiva que estava mantendo o antigo bando junto. O processo de aprendizagem, que liga os professores altamente experientes aos aluno dedicados, é aumentado a quase um nível sagrado, sugerindo que esta pode ser a verdadeira relação entre homem e Deus. O autor considera que certamente humano e Deus, independentemente de todas as enormes diferenças, estão compartilhando algo de grande importância que podem vincular-los juntos: “Você tem de compreender que uma gaivota é uma ilimitada idéia de liberdade, uma imagem da Grande Gaivota “. Ela sabe que você tem que ser fiel a si mesmo.

A introdução à terceira parte do livro é composta pelas últimas palavras da professora de Fernão: “continuar trabalhando para amar”. Nesta parte Fernão entende que o espírito não pode ser verdadeiramente livre sem a capacidade de perdoar, e o caminho do progresso passa pela capacidade de tornar-se um professor – e não somente pelo do trabalho árduo como um aluno. Fernão volta para o antigo bando para compartilhar suas idéias e as suas descobertas recentes e grande experiência, pronto para a difícil luta contra as atuais normas da referida sociedade. A capacidade de perdoar parece ser uma obrigatoriedade para a condição de passagem.

“Vocês querem voar tão grande a ponto de perdoar o bando, e aprender, e voltar a eles um dia e trabalhar para ajudá-los a se conhecer?” Fernão pergunta ao seu primeiro estudante antes de iniciar as conversações. A idéia de que os mais fortes podem atingir mais por deixar para trás os mais fracos amigos parece totalmente rejeitada.

Daí, o amor e o perdão merecem respeito e parecem ser igualmente importantes para libertar-se da pressão de obedecer às regras apenas porque são comumente aceitas.

Motivação!!!

Os Sabotadores! Inimigos de nosso Sucesso. (Parte 3)

De todas as crenças limitantes, a mais comum é o que poderiamos chamar de Grilo Falante. Quem aqui se lembra do desenho do pinoquio, o boneco de madeira que ganhou vida? Quando a Fada Azul lhe tocou com a vida, junto com este dom lhe deu o Grilo Falante, para ser a sua consciencia. Em nosso caso, em vez de termos um grilo falante como consciencia, o que temos na verdade é outro bichinho que invade nossos pensamentos constantemente, é o que chamamos de “critico interno”

O critico interno é aquele cara do contra, extremamente responsável, que literalmente nos impede de voar. Sempre que pensamos em fazer alguma coisa, eis que surge o critico interno com recomendações, avisos de que não vai dar certo, conselhos para que não tentemos realizar o “impossivel”. Quero deixar claro antes de prosseguir, que este não é um artigo para difamar nossa consciencia, ela é muito importante e nos ajuda a tomar as decisões certas, mas devemos saber diferenciar quando é um aviso de nossa consciencia, e quando é um critico interno que ddeixamos se alojar em nosso pensamento.

O primeiro passo, é detectar os padrões de atividade de nosso critico interno, e esta é uma tarefa muito facil. basta pensar em realizar algo, que ele logo surge com frases prontas do tipo:

  • Eu nunca vou conseguir realizar meus objetivos;
  • Eu nunca terei sucesso em minha vida;
  • Eu sou um fracasso e não posso mudar isso;
  • Entre muitas outras…

O jeito mais facil de lidar com esta situação, é antes de tudo tratar o critico interno como um ser externo a nós mesmos. Quem gosta de desenhos antigos, deve se lembrar dos episodios de Tom e Jerry, onde as vezes surge um anjinho e um demoniozinho aos ombros, duelando entre si para controlar determinada situação. É bem este o caso, vamos dar formas a nossos criticos internos, e a partir deste momento, monitorar suas atuações.

Descubra o padrão, a frequencia com que ele te interrompe, se necessário (o que realmente é sempre muito bom) tenha um diario onde você possa anotar as frases que surgem nestes momentos, e com que frequencia elas brecam o seu desejo de prosseguir em busca de suas metas.

Escolha as frases que mais incomodam no momento, ou que tenham um efeito mais drastico em sua vida, e crie novas formas contraria de pensar. Veja estes exemplos:

Critico Interno: Eu nunca vou conseguir realizar meus objetivos
Retaliação: É mentira, eu ja realizei objetivos muito maiores, este é só mais um que eu vou conseguir realizar.

Critico Interno: Eu nunca terei sucesso em minha vida
Retaliação: Eu sou uma pessoa de sucesso, e posso chegar muito mais longe do que já cheguei até agora.

Critico Interno: Eu sou um fracasso e não posso mudar isso
Retaliação: Eu posso ter tido alguns fracassos no passado, mas isso so me fortalece e me prepara para alcançar o meu sucesso.

Estes são alguns exemplos que podemos seguir em nossa vida, mas o ideal é criarmos nossas proprias frases de retaliação, e começar a incomodar o critico interno que reside dentro de nós.

Este programa deve seguir até o momento em que as “vozes” não nos incomodem mais. Com o tempo, o critico interno vai se cansar de lutar contra nosso pensamento positivo e vai desaparecer. É importante sempre manter-mos nosso diario atualizado, para que possamos acompanhar o progresso e adequar as situações quando algo não estiver indo pelo caminho que determinamos.

Este é o processo fácil de eliminar o critico interno, mas as vezes, eles estão tão enraizados dentro de nós, em forma de pensamentos negativos, que precisamos de uma dose maior de estimulo para elimina-los. Vamos aprender uma técnica um pouco mais “impactante”, que pode funcionar muito bem em casos extremos.

Interrompendo Padrões de Pensamentos Negativos

  1. Defina um padrão de pensamento negativo que esteja presente em sua vida, atrapalhando o seu desenvolvimento.
  2. Determine uma forma fisica de interromper este pensamento, no momento em que ele ocorrer. Aqui você pode utilizar de sua imaginação e do bom senso. Você pode por exemplo gritar para si mesmo “Pare”, sempre que ocorrer este pensamento, o que vai interromper sua forma de pensar. Logicamente que não seria nada agradavel, se no meio de uma reunião junto aos seus superiores na empresa, você gritasse “Pare”, sem nexo nenhum para os presentes. No máximo o que você conseguiria com isso seria a visita em um psicologo. Neste caso, tente utilizar outras opções de interrupção, como por exemplo um elastico no pulso, e cada vez que surgir o pensamento negativo, puxa-lo e solta-lo causando a interrupção, ou também um beliscão discreto em alguma parte do corpo. Eu tenho uma técnica que funciona muito bem comigo, que é quando um pensamento negativo começa a se formar, eu estralo so dedos da mão, é como um gatilho que desvanece o pensamento, e ajuda a acalmar a mente me dando tempo para formular o pensamento positivo oposto, que é o terceiro passo.
  3. Determine um novo pensamento para substituir sempre que interromper o pensamento negativo. Nosso cerebro é um bloco de papel, que necessita sempre ter algo preenchido, e quando interrompemos uma forma de pensamento, automaticamente nosso cerebro começa a elaborar um novo pensamento para ocupar o lugar do anterior. neste momento devemos tomar o controle e determinar que pensamento ficará no lugar, não dando espaço para que um novo padrão negativo comece a se formar.
  4. Faça um acompanhamento diario sobre o pensamento negativo, verifique se sua frequencia diminui com o passar do tempo, de forma a efetivar o pensamento novo escolhido.

Este exercicio deve ser feito até que os pensamentos negativos sejam eliminados, um a um, fazendo com que possamos através de pensamentos positivos, alcançar nosso sucesso tão esperado.

Espero que esta serie de artigos possam ter esclarecido um pouco mais sobre as crenças limitantes, idéias fixas e criticos internos. e desta forma, estejamos cada dia mais preparados para alcançar o maior objetivo que nos espera num futuro próximo, o do Sucesso pessoal e Profissional.

Qualquer dúvida a respeito deste, ou de outros artigos em nosso blog, não deixe de comentar sua dúvida. estamos sempre atento para oferecer um conteudo claro e dinamico, respondendo a dúvidas e ajudando no que for possivel no seu desenvolvimento.

Abraços e Sucesso Sempre a todos….

O que são Ritos – O Pequeno Principe nos Ensina…

Recordando o artigo anterior, lembro-me de ter citado a importância de determinar uma hora para praticar seus novos hábitos, e então me recordei de uma passagem no livro do pequeno príncipe, quando ele encontra a raposa, que explica muito bem este processo e a sua importância. O texto completo é um pouco longo, por isso decidi apenas colocar o trecho citado, com um link para o blog Inatitude, onde você poderá encontrar a história do pequeno príncipe por completo.

Vamos ao trecho:

=====================================================

“… – Por favor… cativa-me! disse ela.

– Bem quisera, disse o principezinho, mas eu não tenho muito tempo. Tenho amigos a descobrir e muitas coisas a conhecer.
– A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não têm mais tempo de conhecer alguma coisa. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me!
– Que é preciso fazer? perguntou o principezinho.
– É preciso ser paciente, respondeu a raposa. Tu te sentarás primeiro um pouco longe de mim, assim, na relva. Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, cada dia, te sentarás mais perto…

No dia seguinte o principezinho voltou.

– Teria sido melhor voltares à mesma hora, disse a raposa. Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração… É preciso ritos.
– Que é um rito? perguntou o principezinho.
– É uma coisa muito esquecida também, disse a raposa. É o que faz com que um dia seja diferente dos outros dias; uma hora, das outras horas. Os meus caçadores, por exemplo, possuem um rito. Dançam na quinta-feira com as moças da aldeia. A quinta-feira então é o dia maravilhoso! Vou passear até a vinha. Se os caçadores dançassem qualquer dia, os dias seriam todos iguais, e eu não teria férias!

Assim o principezinho cativou a raposa…”

=====================================================

Espero que tenham gostado, e que possa ter esclarecido um pouco mais sobre o processo dos seis passos.

Abraços e Sucesso A todos…

Você pode mudar sua vida hoje mesmo…

Entre em contato com nossa equipe e agende um horário para realizar a sua primeira sessão de Coaching. A primeira sessão é gratuita, e nela, você pode tirar todas as suas duvidas, e principalmente, descobrir de que maneira pode mudar de vida este ano.

Não perca mais tempo, entre em contato hoje mesmo.

Abraços e Sucesso a Todos…