Arquivo da tag: treinamento

O que é Coaching mesmo?

Mesmo após tanto tempo, ainda é muito comum ouvir este tipo de questionamento quando se houve esta palavra. Este blog tem o intuíto de divulgar este trabalho, de forma a desmistificar suas atuações.

Recebi por e-mail de uma amiga (Obrigada Maria Gentile) um texto explicativo sobre coaching, e com sua devida autorização, venho neste espaço compartilhar com todos vocês a fantástica esplanação dela sobre “O Que é Coaching”.

Segue o Texto Abaixo:

Tal como um personal trainer ajuda você a elevar seus padrões de resultados acelerados no seu corpo, o processo de coach irá desafiar e apoiar você em alcançar os resultados que você deseja e merece em sua vida.

Foco é poder. Você e seus resultados vão começar por definir com clareza cristalina os resultados que estão empenhados. Você vai então avaliar com absoluta franqueza, onde você está agora para definir a distância entre onde você está e onde você quer ser. O Coach irá ajudar a identificar as coisas que o impedem de atingir os resultados que você deseja e depois ajudá-lo a criar um plano de jogo que não só funciona, mas é agradável. Seu plano é o “caminho para o poder.” Não é baseado na esperança. Não é baseado na teoria. É modelada após aqueles que já alcançaram os resultados reais que você procura, a maior e mais profundos níveis.

Você vai agir com inteligência, alcançar seus resultados. O Coach irá capacitá-lo com a alavanca extraordinária de responsabilidade, como um bom amigo, alguém que entende seu desejo final. Seu Coach irá ajudar a medir, monitorar, gerenciar e apoiá-lo para garantir que você mantenha sua palavra para si mesmo, e tomar a ação consistente, que leva a resultados que mais desejo.

Então você pode realmente experimentar o poderoso impulso que vem de viver a vida ao máximo. Você entra no processo de “Ação”

Uma Explicação sobre Coaching

Melhorando seu poder de Concentração

Concentração é uma habilidade que pode facilmente ser desenvolvida. Com este exercício que você pode começar a fazer agora mesmo, você pode melhorar a sua capacidade de concentração.

Com este exercicio, de qualquer forma, você se sentirá mais relaxado e pronto para enfrentar os desafios do dia a dia.

  • Sente-se em um espaço reservado para você, onde não seja incomodado por algum tempo.
  • Escute o que você pode ouvir ao seu redor, dentro e fora do local onde você esta. O que pode deduzir ao ouvir os sons? Que tipos de sons você está ouvindo? Cães latindo? Alarmes de carro? Deixe que os sons cheguem até você.
  • Agora mova sua audição para o edifício que você está concentrado. Quais os sonos que existem no interior do edifício. Você ouve passos? Música em outra sala? Portas se abrindo ou fechando?
  • Se concentre agora na sala em que você está. Escute os sons da sala. Você está perto de um computador? Você ouve o zumbido? Se houver uma vela perto de você, você pode ouvir a chama?
  • Ouça o som de si mesmo – a sua respiração, seu menor movimento, até mesmo o seu batimento cardíaco.

Pratique este exercício em ambientes diferentes e em diferentes momentos do dia. Com a prática, você começará a absorver mais e ouvir sons diferentes a cada vez que você faz este exercício. Você pode achar que simplesmente sentar-se ainda para fazer este exercício de atenção concentrada é um desafio prazeroso e relaxante!

Como Fazer – Desafiando sua Zona de Conforto

Começo de Ano, já estamos em 2010, e o tempo não para. Uma pessoa que deseja alcançar o seu sucesso pessoal e profissional sabe muito bem disso. Então, para começarmos o ano com uma carga nova de energia, e realizar nossas mudanças, vamos juntos iniciar uma série de exercícios para aprimorar nossa percepção, e desafiar a tão famigerada indesejada “zona de conforto”

Já falamos aqui sobre a zona de conforto, como pode ser visto neste artigo, e agora, vamos aprender algumas técnicas que desafiam o nosso conforto. Todas as segundas feiras, estarei colocando aqui no blog, um novo exercício para desafiar a nossa zona de conforto. Serão sempre exercícios simples, que qualquer pessoa com um pouco mais de empenho pessoal pode realizar sem a menor dificuldade, pois não necessita de nenhum aparato externo, apenas a sua própria vontade em mudar a sua forma de viver, aproveitando melhor os momentos, e fazendo a diferença entre as pessoas a sua volta.

No começo, os exercícios podem parecer tolos e sem sentido, mas se você deseja realmente encontrar um novo rumo para seguir em sua vida, aconselho que leve a serio, por mais insignificante que possa parecer.

Este primeiro exercício, é um dos que você pode achar irrelevante, ou insignificante, mas é uma poderosa ferramenta de negociação, inspiração e domínio de ambiente. A duração deste exercício deve ser de no mínimo 2 dias:

Encarando as Pessoas nos Olhos (2 dias)

Pelos próximos dois dias, pratique olhar nos olhos das pessoas, sejam elas pessoas próximas a você, de seu convívio pessoal e social, ou até mesmo de pessoas estranhas a você. Não se preocupe em piscar, é algo natural, mas se preocupe sempre em focar os olhos de quem esta interagindo com você. Este exercício se torna extremamente difícil, quando estamos interagindo com alguém, como por exemplo em uma conversa, pois tendemos a olhar para a boca de nosso interlocutor quando ele fala, e olhar para todos os lados quando nós falamos. Isso mostra um despreparo de nossa conversa, e faz com que passemos por despercebidos na maioria das vezes.

Quando, em uma conversa, focalizamos o olhar de nosso interlocutor, é como se marcássemos nossa presença ali, naquele momento, desta forma, impondo nossas opiniões para que sejam aceitas e analisadas (veja aqui uma matéria sobre este assunto no estadão.com).

A seguir, algumas dicas para praticar este primeiro exercício:

  1. Focalize um dos olhos do interlocutor e não deixe de piscar, para não passar por um psicopata insano;
  2. Durante uma conversa, mantenha sempre o contato “olho no olho” quando você fala e quando você escuta. É uma tarefa bem dificil, mas com o tempo você se acostuma e começa a agir naturalmente;
  3. Pratique sempre com pessoas maiores ou mais confiantes que você. (Seu chefe, Sócios, Investidores, Gerentes de seu Banco, Pais, etc…)
  4. Se você fizer isso na rua, com pessoas desconhecidas, pode acabar passando por situações constrangedoras, como por exemplo um desconhecido lhe interrogar do porque olha tanto. Para estas situações, use sempre o bom senso, de um sorriso e diga: “– Desculpe-me, achei que você fosse um velho amigo meu.” Despesa-se e vá embora.

Com estas dicas, fica mais fácil você começar a desafiar a sua zona de conforto. Agora só falta mesmo começar a praticar. O que você esta esperando???

Espero que este artigo tenha sido de agrado de todos, e até segunda feira que vem, com um novo artigo sobre como desafiar sua zona de conforto. Qualquer dúvida, comentário, critica ou sugestão, estejam sempre a vontade para utilizar nosso espaço de comentários, ou envie um e-mail para douglas.coach@gmail.com.

Abraços e Sucesso Sempre…

Segredos do Balanced ScoreCard – Técnicas e Ferramentas

Aproveitando a deixa do artigo anterior, Vamos dar continuidade ao Balanced ScoreCard, uma importante ferramenta de gerenciamento e estratégia que qualquer empresa deve e também os profissionais liberais podem utilizar para melhorar sua performance de trabalho junto ao seu mercado.

O que é o Balanced Scorecard?

BSC – Balanced Scorecard – é uma sigla que, traduzida, significa Indicadores Balanceados de Desempenho.

Este é o nome de uma metodologia voltada à gestão estratégica das empresas. O porquê de indicadores balanceados? Esta metodologia pressupõe que a escolha dos indicadores para a gestão de uma empresa não deve se restringir a informações econômicas ou financeiras. Assim como não é possível realizar um vôo seguro baseando-se apenas no velocímetro de um avião, indicadores financeiros não são suficientes para garantir que a empresa está caminhando na direção correta. É necessário monitorar, juntamente com resultados econômico-financeiros, desempenho de mercado junto aos clientes, desempenho dos processos internos e pessoas, inovações e tecnologia. Isto porque o somatório das pessoas, tecnologias, inovações, se bem aplicada aos processos internos das empresas, alavancarão o desempenho esperado no mercado junto aos clientes e trarão à empresa os resultados financeiros esperados. Isto é o que se chama de criar valor com ativos intangíveis.

BSC, portanto, a partir de uma visão integrada e balanceada da empresa, permite descrever a estratégia de forma clara, através de objetivos estratégicos em 4 perspectivas: financeira, mercadológica, processos internos e aprendizado & inovação; sendo todos eles relacionados entre si através de uma relação de causa e efeito. Além disso, o BSC promove o alinhamento dos objetivos estratégicos com indicadores de desempenho, metas e planos de ação. Desta maneira, é possível gerenciar a estratégia de forma integrada e garantir que os esforços da organização estejam direcionados para a estratégia.

O BSC foi originalmente criado pelos Professores da Harvard Business School, Robert Kaplan e David Norton em 1992 e, desde então, vem sendo aplicado com sucesso no mundo inteiro em centenas de organizações do setor privado, público e em organizações não-governamentais.

Pesquisas recentes indicam que cerca de 50% das empresas da lista Fortune 1000 estão utilizando o Balanced Scorecard nos EUA e na Europa entre 40% e 45%. O BSC foi escolhido pela renomada revista Harvard Business Review como uma das práticas de gestão mais importantes e revolucionárias dos últimos 75 anos. No ano 2001, o Primeiro Comitê Temático do PNQ – Prêmio Nacional da Qualidade – elegeu o Balanced Scorecard como uma das ferramentas de gestão para a excelência empresarial. Além disso, o BSC contribui direta e indiretamente para o alcance de aproximadamente 580 pontos nos critérios de excelência do PNQ.

O que não é o bsc (ou os 5 equívocos do BSC)…

O BSC não é:

  1. Um novo sistema de indicadores financeiros;
  2. Um sistema automático de informações;
  3. Um sistema de gestão operacional;
  4. Um formulador de estratégias;
  5. Um projeto único e isolado na empresa.

Conhecendo as terminologias dos BSC

Em um projeto BSC, deve ser elaborado um Mapa Estratégico que descreva de forma clara a Estratégia através de Objetivos vinculados entre si e distribuídos nas quatro dimensões. Cada objetivo terá de um a dois indicadores associados, com metas e planos de ação a ele vinculados.

Qual é o objetivo do BSC?

Por que as empresas implementam o BSC?

O principal desafio das empresas é o sucesso na criação de valor. Para planejar como criar valor agregado, as empresas desenvolvem estratégias, que nada mais são do que escolhas ou um posicionamento único das empresas no mercado com objetivo de atingir uma situação futura.

Uma pesquisa realizada pela Symnetics com 100 empresas brasileiras em 1999 mostrou que somente 10% das estratégias são implementadas com sucesso. As principais razões encontradas nas falhas de implementação de 90% das estratégias não estavam na formulação em si, mas sim no que podem ser denominadas de quatro barreiras…

  • barreira da visão: somente 5% do nível operacional compreende a estratégia;
  • barreira das pessoas: somente 25% do nível gerencial possui incentivos vinculados ao alcance da estratégia;
  • barreira de recursos: 60% das empresas não vinculam recursos financeiros à estratégia;
  • barreira de gestão: 85% dos gestores gastam menos que 1h/mês discutindo estratégia.

O BSC foi concebido com o objetivo de suprimir estas barreiras. O processo de construção de um BSC estimula um intenso diálogo da alta direção das empresas, criando alinhamento ao redor da estratégia, maior transparência e consenso em relação ao que é a estratégia e como ela será atingida. Este é o motivo que levou empresas como Mobil, ABB, AT&T, Cigna, Eletrosul, Amanco, Alcoa, Aracruz, Chandon, Brasil Telecom, Camargo Corrêa, Cia. Suzano, CST, Holdercim, Gerdau, Laboratório Chile, Mercedes Benz, Mi Banco, Oxiteno, Opsa Finlay, Petrobras, Presidência da República do México, entre outras, a optarem pelo Balanced Scorecard.

Os principios de um organização orientada a estratégia

O que significa ser uma organizacão orientada para estratégia?

  • estratégia: ter a estratégia como o principal item da agenda organizacional. O BSC permite que as empresas descrevam e comuniquem a estratégia para toda a empresa de forma clara e como base para a ação;
  • foco: concentração dos esforços em prol da estratégia. Com o alinhamento entre objetivos, indicadores, metas e planos de ação promovidos pelo BSC, o foco é a estratégia;
  • organização: todas as pessoas mobilizadas para uma atuação estratégica. O BSC permite o alinhamento e entendimento de todos quanto às questões estratégicas da empresa.

A Organização orientada para a estratégia, essência do BSC, pressupõe alinhamento e foco de toda a organização no alcance da estratégia. Isto é o que existe de comum entre as centenas de empresas que implementaram o BSC.

Fonte: KALLÁS, David. O que é o Balanced Scorecard? [S.l.:s.n.].

Como ter um diploma certificado da FGV?

Passeando pela internet, encontrei na FGV (Fundação Getúlio Vargas), várias opções de cursos on-line, ministrados pela propria FVG, com direito a certificado ao final de cada curso. São diversas opções de cursos, que vão desde cursos rápidos, de 5 horas de carga horária, até cursos com 30 horas, sendo um reforço de grande ajuda em nosso desenvolvimento profissional.

Para testar a funcionalidade do projeto, fiz o curso de Balanced ScoreCard, de duração de 5 horas, e já recebi o meu certificado, que agora já posso implementar em meu curriculo pessoal e profissional. Além deste curso, temos diversos outros, veja algumas opções de cursos listadas abaixo:

  • Cursos de 5 Horas:
    • Conceitos e Princípios Fundamentais do Direito Tributário
    • Consultoria em Investimentos Financeiros – Intermediação Financeira
    • Direito do Trabalho – Contratação do Trabalhador
    • Fundamentos da Gestão de Custos
    • Gestão de Pessoas – Motivação nas Organizações
  • Cursos Acima de 5 horas:
    • Ciência e Tecnologia
    • Diversidade na Organização
    • Ética Empresarial
    • Recursos Humanos
    • Filosofia
    • Sociologia

Estes são apenas alguns exemplos de cursos disponíveis. Para saber sobre mais cursos, clique no logo da FGV abaixo, e acesse diretamente o portal de cursos. O cadastro é rápido, bastando escolher o curso desejado, informar o seu CPF e o seu e-mail, e depois, preencher um pequeno formulário com seus dados pessoais. Após esta rápida burocracia, você tem total acesso ao curso escolhido, montados de uma forma dinâmica e prática, facilitando o aprendizado.

Fundação Getulio Vargas

Outro detalhe interessante dos cursos, é a variedade de informações, através de filmes, gráficos e modelos bem apresentados, junto com um extenso material de apoio, que inclui textos de filósofos, pensadores e profissionais atuantes nos campos de estudo.

Vejam abaixo o meu certificado referente ao curso BSC, oferecido pela Fundação Getúlio Vargas:

Agora não temos mais desculpas para não aperfeiçoarmos o nosso conhecimento. Existem muitos outrs sites como este, podemos citar por exemplo o portal da Intel, que também disponibiliza cursos voltados para TI de forma gratuíta e com certificado ao término de cada modulo. Mais informações vocês podem ver acessando este link: Inatitude – Intel e Cursos Gratuitos.

Por enquanto é isso pessoal, espero que tenham gostado da dica, e desejo bons estudos e sucesso a todos. Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, deixem comentários que todos serão lidos e respondidos.

Remake – Karate Kid

Columbia Pictures divulgou quatro novas imagens de “Kung Fu Kid“, a refilmagem do clássico dos anos 80 “Karate Kid”. Nas fotos vemos Jackie Chan (”O Reino Proibido“), que interpreta uma nova versão do Senhor Miyagi, agora com nome de Senhor Han; e Jaden Smith (”À Procura da Felicidade“) – filho de um dos produtores do filme, Will Smith -, no lugar do aprendiz Daniel, entra o personagem Dre. A direção está a cargo de Harald Zwart (”A Pantera Cor de Rosa 2“).

Achei esta noticia navegando pela internet nesta agradável manhã de segunda feira. Mas o que isso tem a ver com o assunto do blog?

Já há muito tempo, venho colocando muitos temas neste blog sobre Coaching, explicando sobre suas técnicas e ferramentas. Ao ver esta noticia acima, automaticamente me lembrei do primeiro filme, Karate Kid, com o fenomenal ator Pat Morita, no papel de Sr. Miyagi. Quer melhor exemplo prático de Coaching, análisando as formas e técnicas utilizadas pelo Sr. Myiagi, ao ensinar como o pequeno Daniel Larusso (Ralphi Machio) se tornar um vencedor, em todos os aspectos de sua vida?

Especialmente o Primeiro Filme (Não sou muito fã de continuações), mas o primeiro filme, utiliza muito desta cooperação entre o “Treinador” (Coach) e o “Pupilo” (Coachee), num processo onde através de várias técnicas (Coaching), é possivel perceber que a verdadeira mudança ocorre primeiro no interior, para depois partir para o exterior.

O Processo de Coaching, nada mais é do que esta cooperação entre duas pessoas, que se dispõem a encontrar formas e focos de se alcançar um objetivo. De um lado, o Coach, com sua formação e especialização, que através de técnicas estruturadas, consegue buscar as respostas que temos dentro de nós mesmos, mas por estarmos ainda muito enraizado com nossos modelos , não conseguimos ver, e de outro lado, o Coachee, disposto a comprometer seu tempo e sua energia, em busca das respostas que se encontram em seu próprio interior, com isso, construindo um caminho sólido e real para alcançar seus objetivos de vida.

Logo mais, dando continuidade para nosso tema de realização de objetivos, vou descrever uma nova técnica, que é muito utilizada para transformar desejos em realidade. Vamos aprender a maneira correta de especificar um objetivo, para então dar o próximo passo em sua realização.

Tenham todos um bom almoço, logo eu volto com este novo artigo. E enquanto isso, lembrem-se dos ensinamentos de Sr. Myiagy: